MOVIES FOR FUN: Lição de amor - Baseado no livro 'Desculpa se te chamo de amor' de Federico Moccia



Quando resolvi me aventurar em mais uma adaptação cinematográfica de outro livro do Federico Moccia ainda não tinha ideia de que além de autor, ele também é o diretor do filme Lição de Amor, baseado no seu livro Desculpa Se Te Chamo de Amor. É claro que em uma situação como essa, se espera que o filme seja razoavelmente fiel ao livro, mas fui surpreendida por um filme extremamente parecido com a obra. Sei que é pouco usual mas desta vez eu gostei muito mais do filme do que do livro. E apesar do assunto principal ser a diferença de idade entre os personagens, senti que no filme, a tentativa do diretor -  o próprio autor do livro -, foi deixar a história mais leve e divertida.


O autor conseguiu inserir boa parte do livro no filme e como eu já havia dito na minha resenha, o livro traz muitas citações e ditados de autores, filósofos e de algumas músicas, mas ao invés de utilizar as mesmas citações do livro no contexto, o autor simplesmente utilizou novas citações, principalmente sobre o amor; adaptando em uma narrativa diferente mas tão apaixonante quanto a original.


Como eu já tinha descrito na resenha do livro (link da resenha) Niki e Alessandro se conhecem em um acidente de trânsito e acabam se apaixonando, o que não teria nada demais, a não ser pelo fato de que Alessandro é 20 anos mais velho que Niki. Apesar da questão em si ser delicada, o roteiro do filme deixou a estória bem mais divertida e acho que o fato de ter assistido o filme legendado com o áudio original em italiano me deixou bem mais romântica, já que eu considero o italiano uma língua apaixonante.


Minha experiência com o cinema italiano se resume ao filme 'A Vida é Bela', ou seja, nula, então não conhecia os atores que dão vida  aos protagonistas, mas minha simpatia foi imediata. Principalmente com o gatíssimo Raoul Bova que deu vida ao Alex, que conseguiu me convencer que era um noivo abandonado tentando não se envolver com uma menina tão jovem.



O mesmo é valido para a trilha sonora, não conhecia nada além de Andrea Bocelli e Laura Pausini – que é minha diva – e me apaixonei, inclusive no livro, eu destaquei alguns trechos com nomes de cantores italianos para buscar na internet e apreciar mais tarde.
De forma geral, apesar do livro ser mais um romance com drama, o filme como comédia romântica atingiu seu objetivo, me diverti enquanto me apaixonava. Vale a pena a 1 hora e 40 minutos de filme.





Tem 27 anos, é formada em hotelaria e é aquariana em todos os sentidos. Apaixonada por livros, julga-os pela capa e adora uma boa promoção. Também gosta de filmes de todos os gêneros, principalmente terror. Adora assistir séries de TV junto com o maridão e música boa, apesar de não entender muito de música.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.