RESENHA: Belo Desastre - Jamie McGuire



E estou de volta trazendo mais uma super resenha para vocês! Belo Desastre já estava na minha wishlist faz tempo, e não eu não o comprei na Black Friday, acontece que uma amiga acabou me emprestando os três livros da série e eu não resisti. É muito amor gente! Até agora não estou conseguindo me segurar de tanta ansiedade pelo próximo volume. Espero que vocês gostem da resenha, mais tarde tem mais. Super beijo :*

BELO DESASTRE – JAMIE MCGUIRE

Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.






Sexy, intrigante e encantador. Estas são as palavras perfeitas para descrever o que ‘Belo desastre’ foi para mim. Jamie Mcguire tem uma escrita fluida, objetiva, e que leva o leitor a loucura. Exatamente porque hora eu odiava os personagens, hora eu os amava, então sentia vontade de bater neles e ao mesmo tempo de abraça-los. Foi uma experiência única, maravilhosa e que eu vivenciaria muitas e muitas vezes mais. Este sem dúvidas é um daqueles livros, que te fazem parar tudo o que se está fazendo, para ler. Apaixonante!
Abby Abernathy quer escapar de seu passado sombrio, e é por isto que foge com sua melhor amiga América, para outra cidade. Ela quer distância de tudo o que a lembra do pai e consequentemente, de tudo quanto é problema. Vê seus anseios se tornando realidade, ao conhecer Travis Maddox, o garoto problema da faculdade. Lindo, canalha e extremamente esquentadinho, Travis está mais do que disposto à descobrir o porquê de Abby ser a única mulher que deseja estar longe dele e de seu charme, rejeitando-o sempre que pode. Abby se torna um desafio para ele, que mal sabia, o quanto ela mudaria sua vida.

“Quando você está por perto, não preciso de bebida, nem de dinheiro, nem de luta, nem de transas sem compromisso. Eu só preciso de você. Eu só penso em você. Eu só sonho com você. Eu só quero você.”

Travis ‘Cachorro louco’ Maddox, é um dos lutadores mais importantes – e invencíveis – de sua fraternidade. Todos o temem, o admiram e querem ser como ele. O que eles não imaginam no entanto, é que quando não há lutas clandestinas para se enfiar, ou mulheres fúteis e bebidas, ele é um homem solitário. Que tem assim como Abby, um passado triste, motivo pelo qual nunca se entregou à mulher nenhuma.
‘Beija-flor’ como ele a apelidou, é além de tudo, sua melhor amiga. E ele nunca foi amigo de mulher nenhuma. Ela se importa com ele, mas ao mesmo tempo, não se força a acatar tudo o que ele diz, só para agradá-lo. Ela o surpreende e faz com que ele goste de sua companhia, mesmo sem nem tentar.
Então, é óbvio que depois de tudo isto que falei, de toda esta química que ficou evidente no casal desde os primeiros encontros, já devíamos imaginar/desejar que eles ficassem juntos certo? Errado. Este é o problema. Abby e Travis, são os únicos – principalmente esta primeira – que não percebem o quão perfeitos são como um casal. Então a história é recheada por brigas, amassos, brigas de novo, reconciliações, acertos, brigas... E é isto o que torna tudo tão interessante. Jamie McGuire me deixou tantas vezes com o coração na mão que eu já não aguentava mais ver os personagens sofrerem. Estava quase jogando o livro para o alto e gritando com o rosto no travesseiro porque a vontade que eles ficassem logo juntos era tão grande, mas tão grande, que eu me frustrava.

“É o efeito Travis. Acho que é esse lance bad boy. Ou elas querem salvar o cara ou acham que são imunes ao charme dele. Não sei ao certo qual dos dois.”

“Quando estamos sozinhos, você é perfeito. Nós somos perfeitos. Mas então você deixa o resto do mundo estragar isso. Eu não espero que você se transforme da noite para o dia, mas você tem que escolher suas batalhas. Você não pode sair na porrada toda vez que alguém olhar para mim.”

‘Belo desastre’ é um romance daqueles! Tem aventura, drama, ação, ‘pimenta’, tudo na medida certa. Sequer pisquei enquanto lia o livro. Estou encantada pela escrita da Jamie McGuire e por seus personagens, que devo citar, são incrivelmente bem construídos.
E embora tenha me irritado durante muitos momentos, enquanto o lia, no fim das contas eu entendi que o livro tinha mesmo era o propósito de me tirar dos eixos. Gente, é bom demais. Estou boba até agora, com o maravilhoso do Travis Maddox. O homem se transformou pela mulher que amava mesmo, sem choro nem vela.
Quanto à parte técnica, achei alguns errinhos na revisão, como falta de parágrafo, gramática, e também não entendi a relação da história com a capa. Mas se tem uma coisa certa aqui, é que este entrou para os melhores livros lidos em 2014. Super indico a leitura!

 => Este post está participando do Top Comentarista de Novembro/Dezembro, clique para preencher o formulário.



2 comentários:

  1. Eu amei a trilogia! Na maioria das vezes quis dar um sacode na Abby de tanta raiva.
    Li a trilogia completa em uma semana, não consegui parar.
    A resenha está perfeita, consegue contar a essência dos livros sem revelar os acontecimentos. Super indico a leitura para quem gosta de livros agitados. 'Promo de Natal'

    ResponderExcluir
  2. Oi Kate :D
    Infelizmente esse não é um livro pelo qual eu me interesso .. Já tentei começar a ler e acabei desistindo!
    Apesar de ter adorado o Travis (claro, que mulher não gosta dessa perdição? rs), achei a Abby uma personagem irritante demais, e foi impossível continuar a leitura !
    Bjs!

    "Promo de natal"

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.