RESENHA: Belo Casamento - Jamie McGuire



Booom dia galera, como é que vocês estão? Espero que maravilhosamente bem! Hoje já é segunda-feira e irei começar o dia postando para vocês a resenha de 'Belo Casamento'. Seguindo o conselho da minha amiga Lucila, li o primeiro 'Belo Desastre' e então o terceiro 'Belo Casamento', para só depois ler 'Desastre Iminente' - que segundo ela, seria repetitivo e eu podia deixar por último. Dito e feito e aqui estou eu. Não se esqueçam de deixar nos comentários o que acharam do livro e da resenha! Super beijo e ótima segunda-feira. <3

BELO CASAMENTO – JAMIE MCGUIRE

A louca e viciante história de amor de Travis e Abby foi narrada por ela em Belo desastre e por ele em Desastre iminente. Como num conto de fadas moderno, sabemos que eles se casaram e foram felizes para sempre... mas quanto realmente conhecemos dessa história? Por que Abby fez o pedido de casamento? Que confidências eles trocaram antes da cerimônia? Onde passaram a noite de núpcias? Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo? Todos os detalhes sobre o casamento de Travis e Abby eram secretos... até agora. Os fãs do casal mais quente da literatura terão todas as suas perguntas respondidas nesta história vertiginosa sobre o dia (e a noite...) do casamento de Travis e Abby e o melhor, contada pelo ponto de vista dos dois!








Por mim, Jamie McGuire podia ter fechado a história de Abby e Travis já com o primeiro livro, afinal ‘Desastre Iminente’ nada nos traz de novo – a história é recontada inteirinha a partir do ponto de vista de Travis – e ‘Belo Casamento’ é uma espécie de epílogo repetitivo, repleto de ‘enchimento de linguiça’ e que nada de novo acrescentou à história do casal. A impressão que tive é a de que a autora apenas aproveitou o sucesso do primeiro livro para transformá-lo em uma trilogia desnecessária.
Neste desfecho, a autora aproveita as últimas cenas do primeiro livro, - e por que não também segundo, já que a história é a mesma – para contar ao leitor como foi o casamento de Travis e Abby com detalhes sobre a cerimônia e os reais motivos que levaram Abby a pedir Travis em casamento. O que na minha opinião, foi extremamente desnecessário, já que me fez perder um pouco do encanto que senti ao ler ‘Belo Desastre’.

ALERTA DE SPOILER!!! Abby praticamente só se casa com Travis para impedir que ele seja culpado pelo incêndio que matou muitas pessoas, em uma de suas lutas. E tudo bem, isto acaba sendo uma prova de amor, mas o jeito como a autora descreve isto, me fez pensar que Abby foi extremamente fútil e impulsiva à respeito de uma decisão que para Travis, foi tão importante.

“Eu era uma Maddox, tal como todos aqueles homens maravilhosos que eu tinha aprendido a amar. Eu tinha uma família, ainda que cheia de homens furiosos, loucos e adoráveis, mas eles eram meus, e eu deles...”

Ambos se casaram em Vegas, um dia depois do acidente que os traumatizou para sempre, e ainda restavam em ambos sentimentos de dor e angústia pela perda de tantas vidas. Por isso, que embora os argumentos tenham sido nobres, aos meus olhos soou um pouco ‘iminente’ demais este tal casamento.  
Como já era de se esperar América – melhor amiga de Abby – fica super ‘fula’ da vida, porque a amiga se casou sem ela e tudo o mais e acaba convencendo Abby e Travis à um ano depois, renovar os votos com tudo o que eles tem direito.
E praticamente é esta a história de um livro com 123 páginas. Então se você quer apenas sentir esse gostinho de ter um ‘acréscimo’ sem nada de tão novo, descobrir alguns pontos que a autora deixou no ar em ‘Belo Desastre’; como era o vestido de noiva da Abby, quais foram os votos dos dois, quem ajudou Abby a conseguir ajeitar tudo de forma que parecesse realmente que Travis nada tinha a ver com o acidente e ‘uma palhinha’ sobre como foi o primeiro ano deles de casados, então sim, você vai gostar da leitura.

“... Essa era a única coisa que tornava minha culpa tolerável. A adrenalina disparou pelas minhas veias e meu coração começou a golpear o meu peito. O resto da minha vida estava a poucas horas de distância.”

“Baixei o olhar para me desviar do milésimo par de olhos me observando com atenção e me perguntei se estar com Travis sempre me faria sentir notável.”

Agora se como eu, você tinha expectativas um pouco maiores, como saber o que acontece no futuro dos dois, o que aconteceu de verdade, com as famílias das pessoas que morreram no acidente, e mais, irão se sentir tão frustrados quanto estou me sentindo agora.

A escrita de Jamei McGuire continua tão boa quanto possível, e o capricho da editora com capa, diagramação e revisão também. O que me deixou triste no entanto, foi não ter visto tanto do Travis e da Abby, de ‘Belo Desastre’. 

1 comentários:

  1. Oii :)

    Já disse que não me dei bem com os livros né Kate? Então concorda que a história deveria ter parado no primeiro livro, rs!
    Não tenho muito o que falar da história, só mesmo que a Abby me irrita !!
    Ah, das três capas, pra mim essa é a mais bonita ..
    Beijos :*

    "Promo de natal"

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.