Como é ter um pug: O primeiro mês do Bob!


Booom dia queridos leitores, como é que vocês estão? Pois é, hoje é um dia muito especial por aqui, já que estreamos um novo quadro no nosso canal do Youtube, a série 'Como é ter um Pug' na qual falo sobre as primeiras experiências do Bob. Mensalmente, iremos postar um vídeo, contando sobre o crescimento dele e é claro que ele não poderia deixar de dar as caras, afinal, vocês precisam conhecê-lo! Espero que gostem do primeiro post e vamos lá... o/




Uma das maiores realizações da minha vida, em 2014, com toda certeza foi conseguir comprar o Bob! Antes que reclamem comigo, dizendo que eu podia muito bem ter adotado um vira-lata, pois bem, eu já tenho um e cuido muito bem dele, por sinal. Só que não existem muitos vira-latas de porte pequeno e eu queria um, que pudesse me fazer companhia dentro de casa, não fizesse muita bagunça e que também, fosse mais carinhoso. O meu, ou a minha, se chama Lolita e é enorme. Ela não pode ficar dentro de casa, por motivos bem óbvios. Por isto, o meu desejo era um cachorro de porte pequeno e dentre Yorkshires, Lhasa Apso, Buldogues, e alguns outros... eu decidi pelo Pug. No vídeo, eu irei contar um pouquinho mais sobre como está sendo a experiência para mim, mas também - para transformar este post, em algo mais completo - irei listar os cinco principais motivos por quais eu escolhi esta raça. Está preparado?




1 - É um cachorro dócil! Sempre gostei muito de dar/receber carinho e os Pugs são essencialmente carinhosos e dóceis. Eles irão grudar em você e te seguir pela casa toda. Sem contar que eles são bem alegres. Não existe dia ruim para eles e nunca estão de mau humor! O Bob é um grande exemplo disso e com toda certeza, vocês conseguiram notar isto no vídeo acima.

2 - Ele é dorminhoco! Os Pugs gostam muito de dormir e tiram vários cochilos durante o dia inteiro. Isso é bom, por dois motivos; primeiro porque você pode dormir, sem que ele fique te acordando querendo atenção, e segundo que você tem um 'tempinho' para fazer as suas coisas. Como ler um livro, - no meu caso - ou algo do tipo.

3- Ele raramente late! Isso porque eu não gosto de cachorros que latem o tempo inteiro - chega a ser, em determinado momento irritante, principalmente se você não está acostumado - e sempre que alguém passa na frente de casa, ou que chega visita. Os Pugs, são cachorros silenciosos. Neste um mês em que estou com o Bob, ele só latiu duas vezes! E é um latido baixo e rouco, que não assusta e nem incomoda ninguém.

4 - Ele ronca! E sim, eu acho isso fofo. Acontece que, por serem braquicefálicos, - terem o focinho achatado - e terem alguns probleminhas com a respiração, os Pugs acabam roncando. O Bob ainda é filhote, por isso, o ronco dele é bem baixinho, mas já vi diversos vídeos em que eles RONCAM MESMO! Acho que isso, só os torna mais humanos e fofos.

5 - Ele é lindo! Tem coisa mais fofa que um Pug olhando para você com aquela carinha de pidão. E aquelas dobrinhas, o rostinho amassado, você conseguiria resistir? Eu não! E por isso, ele foi o meu escolhido, porque sempre achei ele o mais fofo dos cachorros. Há aqueles que acham ele feio, mas na minha opinião é totalmente o contrário. Ele é incrivelmente charmoso e eu estou completamente encantada por ele!

Detalhe: Estão vendo este pingente, na coleira do Bob? Uma graça não é? Depois de muito procurar uma, que eu gostasse de verdade, finalmente encontrei este na Zocprint! É em formato de 'patinha' e atrás eu pude colocar os meus dados e do Bob. Uma dica para quem quer presentear o seu cachorro com uma, é tentar acostumá-lo a usar enquanto ele ainda é filhote. Porque quando grande, dependendo, ele pode vir à estranhar.

E ai, o que vocês acharam, de saber um pouquinho mais sobre o Bob? Aproveitem para seguir o Instagram dele e acompanhar as atualizações!


Gostaram? Espero que sim! Fiquem sempre de olho nos próximos vídeos do Drunk e se inscrevam no nosso canal! Ainda hoje eu volto, com mais uma super novidade para vocês.

=> Este post está participando do Top Comentarista de Novembro/Dezembro, clique para preencher o formulário.

2 comentários:

  1. Acho eles tão lindos, sou louca por um... amei saber como é seu comportamento e tal
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  2. Oi :}
    Você escolheu o cachorro perfeito, acho que é a melhor raça pra se manter dentro de casa. Eles são tão tranquilos, tão fofos que dá vontade de ter do nosso lado o tempo todo ..
    Sabe, acho que nunca vi um Pug latindo, nunca tinha reparado nisso, mas agora que você falou eu fiquei aqui pensando, eles latem bem pouco mesmo !
    Ah, o Bob é bem parecido comigo também, rs! Sou pura preguiça e adoro dormir..
    Kate, não é só com Bob, o "pipi dog" não funciona com nenhum cachorro, pelo menos com os meus dois não funcionaram, tive que ensinar na marra mesmo, ficar de olho e toda vez que ele ia fazer alguma coisa eu corria e colocava ele no jornal, sofri viu, rs!!
    Boa sorte com o Bob, eu to amando as fotos dele, ele é mesmo fotogênico e uma fofura <3
    Bjs

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.