5 coisas que eu aprendi com meu cachorro!



Boooom dia meus amores, como é que vocês estão? Espero que bem! Segunda-feira já chegou e eu mal vi fim de semana - quem aí também fez Enem? - pois é, estou com os olhos pregados de tanto sono. Enfim, o que importa, é que hoje é dia de recomeçar. Tudo novo de noooovo! Hoje eu fiz um post bem legal para vocês, ensinando algumas coisas sobre a vida, através do que aprendi com o Bob nos últimos tempos. <3



 Os cachorros também são os melhores amigos das mulheres: isto porque não há ninguém no mundo, que te dê tanto carinho e que te ame tão incondicionalmente, quanto um cachorro. Parece mágica, mas é como se eles soubessem exatamente quando estamos tristes e então fizessem de tudo para mudar isso, usando de sua fofurice e artimanhas que te farão rir.

Precisamos ter paciência, ir com calma, dar o máximo de nós na realização de algo e aí sim, esperar com os braços erguidos para colher a chuva de bons frutos: porque o Bob tem me ensinado e muito a ser mais paciente, não só com ele, mas com tudo nessa vida. Afinal, ele é um filhote brincalhão que não entende que desejo que ele aprenda novos truques ou a fazer suas necessidades no local certo. Não é no meu tempo que as coisas acontecem e sim no dele. Por isso sei que, fazendo a minha parte, basta esperar que ele por fim assimile as coisas.

Nunca devemos deixar de demonstrar afeto, às pessoas que amamos: e os cachorros são o maior exemplo disso. Ultimamente, creio que temos vivido em um mundo, onde as pessoas se mostram preocupadas demais com seus trabalhos, dinheiro e investimentos e muito menos, com as coisas simples da vida. Como dizer algo bonito à alguém, abraçar ou ao menos desejar um bom dia. E já dizia o Chorão; 'isso faz falta no dia à dia'. O Bob está sempre ao meu lado, dando carinho e querendo chamar a minha atenção. Me faz lembrar que, sim, demonstrar afeto ainda é e sempre será importante.

Cuidar de quem a gente ama, não tem preço: isso é um fato. Pessoas nascem e morrem todos os dias, e o que seria dessa nossa jornada, se não tivéssemos ninguém para compartilhá-la? Então, devemos sim cuidar das pessoas que amamos, nos preocupar, pois não sabemos como será o dia de amanhã. E até os pequenos cuidados, como lembrar de dar comida todos os dias, limpar a sujeira, dar banho e brincar com o Bob, tem me feito entender o quanto é importante, cuidar e ser cuidadoso, com aqueles que são importantes para nós.

A vida é uma só, então sim, precisamos vivê-la e não apenas 'passar' por ela: claro que não estou dizendo, que não devemos nos preocupar com o futuro, com o 'depois', mas sim que não podemos deixar estes inúmeros planejamentos que fazemos para a nossa vida, estragarem o 'hoje'. Porque afinal, tudo pode mudar dentro de um segundo. Você não gostaria de chegar ao fim, olhar para trás e se sentir orgulhoso por tudo o que vivenciou e arriscou? Pois então, seja como os cachorros, que aproveitam tudo desta vida o máximo. Livre suas costas de tantas preocupações e comece a ver o lado bom das coisas. Sempre há um e se você não o está enxergando, então talvez, só esteja olhando com 'olhos errados'.

 => Este post está participando do Top Comentarista de Novembro/Dezembro, clique para preencher o formulário.

2 comentários:

  1. Adorei *.* O Bob é um fofo, e realmente aprendemos muitas coisas com os cachorros, eles são anjos *.*

    ResponderExcluir
  2. Oii !
    Adoro as fotos do Bob, ele é uma graça <3
    Claro que eles também são os melhores amigos das mulheres, eu amo o meu pretinho, é meu xodó !
    Tudo que você citou eu também aprendi depois que ganhei meu cachorrinho, ele é um arteiro, mas é o meu amor ;)
    Bjs

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.