RESENHA: Intenso demais - S.C Stephens


E aqui estou eu novamente galera, desta vez para trazer uma super resenha feita pela linda da Simonir - uma de nossas talentosas colunistas - e é sobre um livro hot, que tem tudo para alavancar o coração de nossos leitores. Que tal acompanhar o post até o fim e dizer o que achou da resenha nos comentários? Lembrando que está rolando o Top Comentárista do Drunk! Tenham uma ótima segunda-feira :D

INTENSO DEMAIS – S.C STEPHENS

Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo..








Ouvi tanta gente falando bem desta trilogia que resolvi que seria minha próxima leitura, e minhas expectativas estavam lá no alto para conhecer esse triangulo amoroso de Kiera, Denny e Kellan. Então vamos falar sobre minhas impressões.
Primeiro que não gosto muito de livros com triângulos amorosos, simplesmente porque o que me encanta no casal é o começo, os descobrimentos e isso não é possível quando o livro já começa com o relacionamento em andamento como é o caso de Kiera e Denny, o que me deixa na torcida pelo clima de sedução de Kiera e Kellan, mas aí eu acabo ficando com uma dorzinha no coração pelo relacionamento do casal fixo do triangulo (Kiera e Denny), aí pronto... Já fico dividida.
Kiera é totalmente ingênua e um tanto quanto mimada, o que me irrita um bocado. Tem 21 anos e tomou a grande decisão de mudar-se de sua cidade natal para acompanhar o namorado Denny em seu novo emprego em Seattle. E aí você automaticamente pensa, que ela tem maturidade para tal decisão de mudar uma vida toda pelo namorado. Mas já adianto que não, ela é imatura, ingênua e um tanto quanto chata além de indecisa ao extremo com o que faz, com o que quer. É aquele modelo de menina ingênua que é tímida até o dedo mindinho, que não fala palavrão e que até a palavra: SEXO, faz ela corar até a raiz do cabelo, e que virou regra em todo livro mais hot.
Denny, é aquele namorado fofo, fiel, que só tem olhos para a namorada, que é capaz de fazer grandes sacrifícios pelo relacionamento, que nunca diz não para a namorada (o que me leva a acreditar que ela é mimada e ele vira um "mandado" na mão da Kiera).
Esta sempre preocupado com o bem estar dela, é lindo mas não senti muita química com ele.
Já o Kellan, ahhhhhhhhhhh (suspiro longo, muito muito longo), é sexy até o ultimo fio de cabelo, lindo com seus olhos de um azul profundo, com aquele ar misterioso que te deixa com vontade de descobrir tudo a seu respeito, e acredito que por ele e SÓ por causa dele o título do livro vale a pena: Intenso! Como virou clichê nos livros atuais, já vem com a carga de um passado complicado.
Kiera começa a trabalhar no mesmo bar em que Kellan e sua banda se apresentam e Denny esta extremamente feliz com seu novo emprego dos sonhos, tudo está correndo muito bem, apesar da atração que é evidente entre Kiera e Kellan já no primeiro encontro, mas até aí tudo bem, ambos tentam a todo custo negar esta atração por respeito a Denny.
Até que por causa do seu emprego Denny precisa viajar, e junto com essa viagem uma proposta irrecusável do seu chefe para assumir um novo cargo mais alto nesta outra cidade, o que leva a Kiera a ter um ataque de infantilidade e terminar com ele por telefone, e foi aí onde eu me perguntei o que se passava pela cabeça dessa menina, ela já tinha mudado mesmo de cidade por causa do namorado, qual a diferença mudar novamente?
Neste termino de apenas uma noite, fica bêbada e se joga no braços de Kellan.
Na manhã seguinte Denny, como o bom namorado que é e se sentindo culpado em ter saído da cidade a trabalho e deixado Kiera "sozinha", larga o emprego, recusa a promoção e volta para casa. O que acontece a partir daí é uma repetição de erros, de muito mimimi, de brigas sem fim entre Kiera e Kellan.
E olha que eu até gosto daqueles casais que brigam, ficam dias sem se falar, depois voltam com muita intensidade, mas isso acontece tanto entre os dois que irrita demais. É muito vai e volta, é muito "não posso, mas quero" é muito briga sem sentido nenhum.
Nesse meio tempo a Kiera trata o Denny numa frieza que deixa irritado qualquer um.
No decorrer do livro não vejo amadurecimento de nenhuma das partes, a Kiera sabe que tá errada mas não tem coragem de fazer nada, quer ficar com os dois. Kellan se sente culpado por Denny, mas o desejo sempre fala mais alto, até que ele dá um ultimato a Kiera, ela tem que decidir!
Daí por diante eu paro, e deixo você descobrir senão vira spoiler.
O livro tinha um enredo perfeito, mas a escritora pecou muito na personalidade indecisa da Kiera, assim como também no excesso de detalhes, a maneira de Kiera preparar o café, o jeito que cada um se vestia, isso irrita um pouco.
Darei uma chance a mais na trilogia, porque sinceramente tenho esperanças de que ela seja menos insegura e mais decidida, que qualquer coisa não a paralise, sim outra coisa que irrita, o mundo está se acabando ao redor dela e ela simplesmente não consegue reagir, fica parada, sem atitude deixando que o outro faça as suposições erradas, ou decidindo por ela.
Dei duas estrelas, regular, porque de fato não achei tuuudo isso que andam achando por aí, esperava mais pelo tanto de comentários que tenho lido, mas infelizmente não chegou a atingir as expectativas, apesar de você querer saber a continuação só por causa do delicioso Kellan. 

Simonir Rodrigues
26 anos, pernambucana de natureza, paulista de coração e ama a cidade da garoa.
Tem o dom de se viciar facilmente em tudo que desperta sua paixão: música boa, livros, filmes e séries. De alma apaixonada, que escrever por prazer e nesse processo vai se descobrindo, aspirante a blogueira, que não resiste a um "bicho de pé" (o doce)!


=> Este post está participando do Top Comentarista de Setembro/Outubro, clique para preencher o formulário.


2 comentários:

  1. Foi mto bom ler a sua resenha, pois até então só havia lido resenhas de pessoas elogiando, porém sempre da msma maneira.
    Gostei de ler alguns pontos negativos tbm.
    Ainda estou interessada na série, porém agora a lerei com mais cuidado, sem elevar demais as minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  2. Eu ja nao tava muito interessado nessa série, agora meu interesse diminuiu ainda mais, pois é, vi muita gente falando dessa série, aquele auê todo, mas nao me interessei, agora só confirma o meu desinteresse...hahaahahahha

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.