[RESENHA] A promessa do tigre - Colleen Houck


Booom dia meus lindos e lindas, como é que vocês estão? Hoje finalmente é o início da 'Bienal de São Paulo 2014' e nós não estaremos lá. Só compareceremos no último fim de semana e se você, assim como nós está triste com isso, entediado - já que a maioria dos blogs literários está off - e vendo pela primeira vez na vida esta sexta-feira como um dia triste, keep calm! O Drunk está à todo vapor e hoje tem posts bem bacanas por aqui. Começamos com a tão esperada resenha do 'spin off'' da série 'A maldição do tigre', bora conferir?

A PROMESSA DO TIGRE – COLLEEN HOUCK

Medo. Esperança. Dúvidas. Antes da maldição, uma promessa. Mais de 300 anos antes de Kelsey Hayes surgir na vida de Ren e Kishan, uma jovem cruzou o caminho dos príncipes. Seu amor por um deles mudou o curso da história e o destino da família Rajaram. Criada longe dos olhos da corte, isolada do convívio no castelo, Yesubai luta para suportar os maus-tratos do pai e manter em segredo suas habilidades mágicas. Lokesh é um poderoso e cruel feiticeiro que foi capaz de assassinar a própria esposa porque ela lhe deu uma filha em vez de um filho. Ao completar 16 anos, Yesubai é surpreendida por um anúncio do rei. Procurando fortalecer suas relações diplomáticas, o nobre acredita que um casamento entre a filha de Lokesh, comandante de seu exército, e um pretendente de algum dos reinos vizinhos será uma boa estratégia para diminuir os conflitos na região. A jovem recebe a notícia com alegria. Pela primeira vez ela enxerga um fio de esperança, a perspectiva de escapar do controle do pai e de levar uma vida fora do confinamento de seus aposentos. Mas esses não são os planos do feiticeiro. Ele vê no iminente casamento de Yesubai uma oportunidade de conseguir ainda mais poder e não poupará esforços para atingir seus objetivos sombrios. 'A promessa do tigre' conta a origem da história dos príncipes Ren e Kishan e os acontecimentos que levaram às aventuras da aclamada série 'A maldição do tigre

A saga dos tigres, com toda certeza, é a minha série de livros favorita. É muita criatividade para uma Colleen Houck só e eu simplesmente amei o mundo fantástico criado por ela. Coração foi a mil, quando soube que a série ganharia um ‘spin-off’ e a ansiedade começou a tomar conta. Por isso, antes mesmo de saber que eu o receberia para resenha, já mandei E-mail para a Arqueiro dizendo que assim que o livro fosse publicado, eu queria tê-lo em mãos, custasse o que custasse. Ainda mais quando soube que seria uma história sobre Yesubai, a personagem qual mais senti falta de informações nos livros da série e que antecede toda a maldição sofrida por Ren e Kishan.
O livro é bem curtinho – com suas 111 páginas – mas cheio de conteúdo. Conhecemos de perto a filha do grande e temeroso vilão Lokesh – um dos antagonistas mais bem construídos de todos os tempos – e traidora responsável por entregar meus amados tigres de bandeja à magia negra do pai. No entanto, percebemos com o passar das páginas, que Yesubai é tão vítima quanto Kishan e Ren. Ela sofre nas mãos do pai desde seu nascimento, quando desapontou Lokesh, que esperava um filho homem. Yesubai lida com a rejeição e maus tratos de Lokesh diariamente, e é usada pelo pai apenas como parte de seu plano, mais tarde quando se torna uma moça bonita. Isha, sua dama de companhia, e a quem Yesubai mais ama no mundo, está sendo ameaçada e sofrerá cruelmente caso ela não faça o que seu pai quer.

“A maioria das menininhas aguardava ansiosamente o momento em que o pai chegava em casa. Mas não Yesubai. Assim que as badaladas do sino anunciavam a chegada dele, o medo tomava seu coração, apertando-o com força, e a jovem parava de respirar.” Página 11

Yesubai esconde um grande segredo de Lokesh, o de que assim como o pai, possui magia correndo pelo sangue e que com o passar dos anos, vai se tornando mais forte. Porém, Yesubai sempre foi submissa ao pai, se tornando uma moça fraca e temerosa ao crescer. Tudo muda, quando ela conhece Kishan, em um evento em que sua mão é oferecida à todos os cavalheiros do recinto, em casamento.
Com os novos planos de Lokesh – casá-la com o príncipe Dhiren para assumir o poder e conseguir os medalhões de Damon – Yesubai se vê obrigada a se mudar para o palácio de Dhiren e Kishan, onde conhece a mãe dos mesmos, a doce Deshen. Yesubai no entanto, se apaixona pelo caçula dos irmãos, enquanto que Ren, está fora – lutando contra os homens de Lokesh, que como termo de seu acordo, concorda em tirar seu time de campo tão logo eles aceitem o casamento -  e está paixão, acaba sendo correspondida.

" – Eu sei quem você é.
  - Ah, vejo que a minha reputação me precede.
  - Sem dúvida. Ainda que eu espere que não passe de um exagero, tenho a impressão de que não é o caso.
  - Tsc. Estou certo de que um guerreiro como você sabe que uma reputação reconhecidamente terrível pode favorecer seu portador tanto quanto uma espada de qualidade. Se não mais. – cruzando os braços sobre o peito forte, o estranho respondeu:
  - Sei. Também sei que o tipo de homem disposto a se permitir uma reputação como essa, seja ela verdadeira ou não, é alguém em quem eu não confiaria.” Página 52

O livro é exatamente o que eu esperava, uma introdução à saga que não poderia ter vindo em hora melhor – quando todos os fãs da série estão extremamente ansiosos – já que fiquei sabendo de um sexto livro que está por vir ‘O sonho do tigre’, prometido como último da série. Colleen se preocupou devidamente para não deixar pontas soltas em sua série, e o acréscimo destes dois livros, era exatamente o que estava faltando, visto que ‘O sonho do tigre’ será sobre Kishan Rajaram e sua deusa Durga – versão mortal e humana.
De maneira alguma vejo hoje, a saga do tigre como uma trilogia – como Colleen pretendia ao lançar o primeiro – já que é conteúdo demais para apenas três livros. Colleen se consolidou ainda mais como minha autora de fantasia favorita. Não tenho mais a declarar.
A capa e diagramação seguiu o padrão da série e o único ponto em que acredito não ter sido cem por cento, é o pouco número de páginas. Creio que o livro poderia ter sido mais espaçado, para que eu demorasse a acabar a leitura. Concluo por fim, te convidando a ler esta renomada série. Você vai se surpreender com a história de Kelsey, Dhiren e Kishan, de um modo incrível. A Promessa do tigre não deixou a desejar e já estou sedenta por mais, pode isso produção?

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.