[RESENHA] Losing it - Cora Carmack


LOSING IT – CORA CARMACK

VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?









Certamente um dos livros mais divertido que eu li este ano. O livro conta a estória de Bliss, que tem 22 anos e ainda é virgem. Uma noite ela decide resolver seu problema e vai com uma amiga a um bar. Lá ela conhece Garrick, um inglês lindo, com um sotaque muito charmoso e acaba concordando em ir para o apartamento dele. A partir daí a situação começa a sair do controle e o que era para ser uma experiência memorável acaba por divertir o leitor, mas envergonhar terrivelmente a personagem.

“Now that the motorcycle wasn’t moving, my brain was free to fear that other thing that I had been actively not thinking about. Sex. I was going to have sex. With a boy. A hot boy. A hot BRITISH boy.”  Cap. three

Na semana seguinte Bliss descobre que Garrick é seu novo professor na aula de teatro da faculdade e tudo fica mais embaraçoso.
A Bliss tem uma combinação que sempre funciona quando o objetivo do autor é fazer o leitor rir, ela é do tipo estabanada e tem uma queda por falar sem pensar e contar mentiras e acaba sempre se enrolando para sustentar suas mentiras, ou seja, não importa o que ela faça, sempre acaba em uma situação de constrangimento. Já Garrick me encantou pra valer, estou apaixonada por ele que é romântico a maior parte do tempo, até sem querer.

"If brains could have orgasms, I’m pretty sure this was what would feel like. I shouldn’t like it, but there was possessiveness in his words that was echoed in his dark eyes, and it sent shivers down my spine until my fingers numb with their emptiness.” Cap. fifteen

A luta dos dois para negar o que desejam pelo fato de que é errado, juntamente com todos os revéses e obstáculos me fez simpatizar e me afeiçoar mais ao casal.

O inglês desse livro é de nível fácil, mas pra quem não quer se arriscar a editora Novo Conceito acaba de lançar a edição em português que se chama Perdendo-me.


Ana Cristina
Tem 26 anos, estuda hotelaria e é aquariana em todos os sentidos. Apaixonada por livros, julga-os pela capa e adora uma boa promoção. Também gosta de filmes de todos os gêneros, principalmente terror. Adora assistir séries de TV junto com o maridão e música boa, apesar de não entender muito de música.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.