[RESENHA] Casamento por Conveniência - Jennifer Probst


CASAMENTO POR CONVENIÊNCIA – JENNIFER PROBST

Um compromisso por interesse chamado de “casamento ”... Desesperada por dinheiro para salvar a casa de sua família, a impulsiva Alexandria McKenzie se entrega a uma última e inusitada tentativa: faz uma simpatia de amor para encontrar um marido. Um marido rico, de preferência. Nicholas Ryan não acredita em amor eterno, casamento e família. No entanto, para que possa herdar as ações de seu tio e se tornar sócio-majoritário da empresa da família, ele deveria atender a um único requisito do testamento: casar-se e manter-se casado por pelo menos um ano. Nick e Alexa possuem muito pouco em comum, apenas o fato de Alexa ser a melhor amiga da irmã de Nick. Mas, movidos por seus interesses, os dois decidem se unir. Um acordo nupcial simples, sem paixão e sem complicações. Esse será o combinado por um ano. Mas a convivência será capaz de fazer nascer algum sentimento entre eles?




Alexandria McKenzie é totalmente impulsiva, ama a familia, tem um coração nobre e bondoso, é bem humorada, acredita em amor, casamento e a construção de uma familia estruturada com dois filhos, cachorro, peixes e todos os animais que estejam em perigo que ela encontre pela frente e possa salvar, é dona de uma pequena e aconchegante livraria e só existe um problema que tira todo o sono dela, a hipoteca da casa da familia.
E para que a familia não perca a casa a qual cresceu, necessita de um casamento com um marido rico.
Nicholas Ryan é rico, sexy, lindo e prestes a ficar ainda mais rico com a herança de seu tio, mas com uma única condição, precisa se casar, casar por pelo menos um ano.

Apesar de rico e lindo, Nick vem de uma familia totalmente desestruturada, e como proteção se tornou um homem frio, impessoal que não acredita em amor, amizade, familia, fidelidade, e gosta de manter tudo a sua volta em ordem, todos os seus movimentos e passos são pensados antes, não deixando espaço para a impulsividade.
Nick e Alexa só tem duas coisas em comum: A melhor amiga de Alexa, Maggie, é irmã mais nova de Nick. Ambos precisam se casar, por razões diferentes, mas ainda assim precisam um do outro.
Jennifer Probst nos presenteia com dois personagens completamente diferentes, mas como dizem por aí: Os opostos se atraem.
O romance é totalmente previsivel mas que funciona, obvio que um casamento de conveniência e cheio de regras e contratos acabaria com alguém se apaixonando, especialmente quando ambos já tiveram num passado juntos.
O primeiro beijo de Alexa foi em Nick, mas ele simplesmente a esnobou e a deixou sozinha depois disso, já na adolescencia não acreditava em compromisso, e via como um grande problema quando se mistura prazer e amor, para ele são dois caminhos em separado e que deve ser trilhado separadamente ou melhor, trilhar apenas um: o do prazer.

Os dois se reencontram muito tempo depois com suas necessidades, mas mais maduros, com suas regras de vida, a única coisa que não mudou foi a atração de Alexa por Nick, e conforme a historia vai se desenrolando ela começa a perceber que o primeiro amor não ficou tão no passado como acreditava.
Já Nick não quer dar o braço a torcer, não quer admitir que ainda se sente diferente em companhia de Alexa, ela é tudo que ele não procura e se apega ao cumprimento do contrato que assinaram: o casamento não passa de um acordo comercial, sem sexo, sem sentimentos. E cada vez que se sente tentado a ter algo mais que um contrato assinado, lembra-se que o amor não é seguro.
É um romance leve e gostoso de ler, a impulsividade de Alexa e o mal humor de Nick deixa o livro ainda mais  engraçado, as brigas são divertidas e instigantes.

Geralmente casais que não querem se entregar a paixão e vivem brigando e tentando esconder a atração um pelo outro, sempre chama minha atenção, então apesar do previsivel contrato de casamento não funcionar para eles, para mim como leitora mega funciona.
Nick é tão ranzinza que não quer ser romantico, não quer acreditar no amor, e vê o casamento somente como uma instituição financeira, mas se pega gostando de viver o casamento, gostando de cuidar de sua "esposa".
Já Alexa tem um coração tão nobre, tão bondoso que quer salvar o mundo, a familia, os amigos, e os animais.
Acredita no melhor do ser humano, e é toda ligada em energias do bem, feitiços de amor, mãe natureza e a pureza e sentimento dos animais.
Apesar de ser uma leitura gostosa, só achei que a capa não combina em nada com o enredo, apesar de ser bonita, o livro não tem tanta apelação sexual conforme denota a capa. A série me parece que tem mais alguns volumes, não tenho a informação se a editora LeYa irá publicar os outros, no entanto ficamos com um gostinho de "quero mais" sobre a vida de Maggie, melhor amiga de Alexa e irmã de Nick. Vamos ficar no aguardo e ansiosas pelos próximos.



Simonir Rodrigues
26 anos, pernambucana de natureza, paulista de coração e ama a cidade da garoa. Tem o dom de se viciar facilmente em tudo que desperta sua paixão: música boa, livros, filmes e séries. De alma apaixonada, que escrever por prazer e nesse processo vai se descobrindo, aspirante a blogueira, que não resiste a um "bicho de pé" (o doce)!



0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.