Tagarelando... Você e eu


Tagarelando... Você e eu


Não consigo, simplesmente não consigo. Não dá para fingir que nada aconteceu, erguer a cabeça e seguir em frente. Eles disseram que seria fácil, que eu só precisava esquecer tudo o que vivemos e recomeçar do zero. Mas eles não te conhecem, não passaram o último ano ao seu lado, não se emocionaram com seu abraço, não se encantaram por seu sorriso. Eles não são nós.
Sei que sou forte, sei que posso passar por tudo isso. Só não sei se consigo atravessar esse mar de lembranças à minha frente. Não quero esquecer, não quero seguir em frente. Quero você ao meu lado, enfrentando toda essa minha confusão. Dissipando os fantasmas que vagam minha mente, mandando-os para longe. Enquanto todos dizem que devo procurar fazer coisas novas, conhecer pessoas diferentes e festejar, eu só quero você. Só quero sentir o seu cheiro que sei que sempre me fará sentir bem, sempre me fará sentir em casa. Por que você é como uma manhã de frio, na qual quero me aconchegar.
Não me importo com o que eles irão dizer, desde que você esteja comigo. Você não quis me deixar ir, pude ver nos seus olhos, você nunca quis deixar. Eu o espantei com toda a minha loucura e mandei embora a pessoa que mais cuidou de mim. A pessoa que mais se importou. Sei que estou errada. Eles dizem que eu estou certa, mas sei que estão apenas tentando me animar. É por isso que estou aqui, nesta noite fria de abril, em frente à sua porta com a mão no ar. Tenho que bater. As lágrimas enchem meus olhos e o meu coração está disparado, sinto que estou prestes a ter um ataque cardíaco. Estou à um passo. O único que me separa do meu terrível orgulho e do meu precioso grande amor. Bato três vezes.
E enquanto vejo as luzes se acenderem e ouço o barulho de passos a se aproximar, vejo que em todos esses anos, nunca havia encontrado alguém assim... alguém como você. Você é o único que sempre demonstrou a fé que tem em mim, que me empurrou em frente quando muitas vezes, hesitei. O único que me enxergou como sou de verdade, apesar dos meus medos e inseguranças. Foi você  quem limpou minhas lágrimas e quem me abraçou quando mais precisei, foi em você que depositei minha confiança. Em seus braços depositei tudo o que sou. Tudo o que fui e tudo que um dia chegarei a ser. Te entreguei meus sonhos e esperanças, e foi à você que confessei os meus maiores sonhos.
Quando a porta se abre e vejo o seu lindo rosto surgir, a linda cara de sono que sempre me fez perder o ar, o cabelo bagunçado e o sorriso presunçoso de quem sabia que eu viria. Afinal, você sempre soube.
– Eu te amo. Por favor, entre e nunca mais torne a sair por essa porta. – E é assim que eu sigo em frente, essa é a forma que encontro de recomeçar.

  

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.