[RESENHA] Um Herói Para Ela - Lu Piras


UM HERÓI PARA ELA – LU PIRAS


Bianca sempre quis ser roteirista de cinema. Para realizar seu sonho, ela sai do Brasil para estudar na famosa New York Film Academy. Em meio às emoções da nova vida na Big Apple, um rapaz misterioso acaba salvando a vida de Bianca em duas situações diferentes. Tudo o que ela sabe é que o seu herói tem no braço uma misteriosa tatuagem. Sem pistas sobre o seu protetor, ela é convidada para um show da banda The Masquerades, cujos componentes escondem os rostos atrás de máscaras. Uma rosa branca cai sobre o seu colo, arremessada pelo vocalista. Decidida a desvendar a identidade do mascarado, Bianca invade o camarim da banda. A surpresa que a aguarda por trás daquela porta poderá mudar o seu destino. Uma história cheia de humor e romance.




Mais um livro nacional incrível, mais um romance maravilhoso, mais uma escritora bem sucedida, mais orgulho sinto eu de ver tudo isso acontecer. Os escritores brasileiros estão finalmente dominando as paradas! Não bastasse a minha felicidade ao saber que a próxima autora a ser publicada pela Novo Conceito era a Lu Piras, agora estou afobada e animada por concluir que o livro é extremamente maravilhoso e encantador. Um Herói Para ela é um romance de tirar o folego!
O livro conta a história de Bianca; uma advogada frustrada, de baixa autoestima e infeliz do Rio de Janeiro que vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais, cansados de verem a filha meter os pés pelas mãos resolvem tomar uma iniciativa e a inscrevem num curso para roteiristas em Nova York. Bianca sempre foi apaixonada pela escrita e sempre sonhou em ser roteirista, mas agora se vê, trabalhando para um chefe tarado, exercendo uma profissão desgastante e da qual não gosta nenhum pouco. Sem contar que ela vive trocando de namorados, buscando em cada um deles, a cura para o vazio que os contos de fada deixaram em sua vida.

“Se o destino fosse límpido como a água, as decisões seriam mais fáceis. Mas a realidade era turva. Principalmente, porque era assim que Bianca se enxergava.” Página 24

Chegando em Nova York, ainda incrédula e surpresa com a velocidade com a qual as coisas aconteceram, Bianca se vê tendo que dividir o quarto com duas ‘roommates’ nada comuns. Nathalya é mal-educada, promíscua, fútil e não parece nada satisfeita em ter Bianca ali. Já Mônica, também brasileira, a recebe de braços abertos. A primeira, ainda não sabe o que quer da vida, com a exceção de se escorar no namorado rico para se tornar a ‘rainha do Bronx’ – região de Nova York onde as meninas estão hospedadas. E a segunda, tem como sonho, se transformar uma grande e renomada atriz.
De todos os seus objetivos, Bianca só sabe de uma coisa; não quer e nem deve se apaixonar. Afinal, ela está ali para cumprir um objetivo. Claro que é mais fácil falar do que fazer, e Bianca finalmente entende isso, quando se vê cercada por homens maravilhosos e encantadores. Principalmente dois em especial; Paul – o ‘mauricinho’ que também está cursando o mesmo curso que ela e que parece disposto a fazer de tudo para conquista-la e Salvatore, o garçom italiano gato do restaurante ‘Bambino’ que de repente parece estar em todos os lugares por onde ela passa. Ainda há o misterioso herói que sempre tira Bianca das roubadas em quais se mete e o também misterioso vocalista mascarado da banda ‘The Maskerades’.
Uma história que traz à torna a parte mais perigosa de Nova York, com seus gangsteres, guetos e clãs da máfia e também uma história de amor capaz de derreter até os mais insensíveis. ‘Um Herói Para Ela’ é digno de aplausos!

"Às vezes precisamos nos esconder para nos encontrarmos, Bianca. Toda a vida do Salvatore foi assim. Ele precisou se esconder do pai, a única família que conhecia. Precisou se esconder da mãe, que ele amava. Precisou se esconder em uma terra estrangeira sem nenhum tostão no bolso. Precisou se esconder por trás de uma máscara para se expressar. Precisou se esconder de você para não perde-la para sempre. Por isso tudo, eu não acho o meu amigo um covarde. Ele é o homem mais corajoso que eu já conheci. É preciso coragem para não nos perdermos de quem somos enquanto tentamos nos encontrar.” Página 290

A escrita da Lu Piras evoluiu e muito neste livro e eu estou encantada com a sua capacidade de criar personagens incríveis. Até agora não consegui superar o término da leitura, Salvatore ainda está rondando os meus pensamento, se querem mesmo saber. E Bianca é uma das mocinhas mais corajosas que eu já ‘conheci’.

Em relação ao conteúdo, capa, diagramação e revisão, NOTA 10! Se eu indico? Nem preciso, afinal, o livro já se indica sozinho!

                                             

2 comentários:

  1. Kate,

    Ainda secando uma lágrima no canto do olho após a leitura da primeira resenha de Um Herói Para Ela, me permito dizer que esta é uma das resenhas mais tocantes que li sobre algum livro meu. Se eu não fosse a autora do livro, o compraria imediatamente! Rs. Mas, como não cabe aqui nenhuma falsa modéstia, me sinto sim, muito honrada por ser merecedora das suas palavras, Kate. Não esqueço seu lançamento no Rio, no qual tive o privilégio de ter estado presente, dos seus olhos e sorriso brilhantes e emocionados. Sinta meu abraço saudoso, e muito, muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada viu Lu? Eu estou muito feliz por você e agradeço muito pelo apoio que me deu aquele dia. Parabéns de verdade pela sua história, você é uma escritora esforçada e batalhadora que merece sim, o seu devido reconhecimento. :') Um grande abraço, e muitos desejos de boa sorte!

      Excluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.