Tagarelando... Recomeçar


Tagarelando... Recomeçar


Hoje acordei com vontade de seguir em frente... Em frente, para longe de tudo o que me lembra você. Longe de tudo em você, que me faz querer ficar. Perdi as contas sobre quantas vezes o vi levantar e ir embora, sem nunca esperar que a discussão chegasse ao fim. Bater as portas, quebrar coisas e desligar o telefone. Perdi as contas sobre quantas vezes disse para mim mesma ‘não tem mais volta’. E sobre tantas outras mais em que o aceitei de braços abertos em minha vida novamente, com o coração quebrado mas esperançosa de que um dia nós fossemos voltar a ser como antes. Como o arroz e feijão que dizíamos ser.
Sinto falta de quando éramos o encaixe perfeito um do outro, de quando ao olhar para os seus olhos, eu via o Sol nascer. Sinto falta de estar apaixonada por aquele cara... Aquele com um sorriso contagiante e que me ligava todos os dias de manhã para declarar seu amor por mim, para me dizer o quanto era feliz por me ter em sua vida. Também sinto saudades daquele cara. Aquele cara que um dia você deixou de ser.
Hoje confesso, não me sinto mais do mesmo jeito quando estou ao seu lado... As borboletas que em minha barriga voavam e brincavam enlouquecidamente, parecem ter me abandonado. Não amo mais você. Amo a ideia de quem um dia você foi. De quem um dia fomos nós.
Já não somos como o arroz e feijão afinal, somos como água e óleo. E já é hora de seguirmos com nossas vidas, de abandonarmos o passado e de cada um ir para o seu lado. 
Sinto muito se o nosso 'para sempre', acabou terminando cedo demais. Deus sabe, o quanto eu queria que tivesse sido diferente. Você parecia ser o cara certo, parecia me completar de um modo surreal, parecia ser aquele que me receberia no altar com um sorriso enorme no rosto e os olhos cheios das lágrimas que se recusariam a cair na frente de todos os nossos convidados. 
Você parecia saber sempre o que falar e fazer no momento certo. Era o meu tudo, o meu eterno príncipe encantado. Temo dizer que não foi você que se desencantou e virou sapo, foi eu que percebi que não era a princesa certa para você. 
Os meus planos e sonhos são tão diferentes dos seus, e não é um diferente bom. Não é o tipo de diferença que unifica. É o tipo de diferença que distancia.
Não posso mais continuar ocupando o seu tempo meu querido, sei que o seu coração não aguentaria uma decepção tão grande por parte da mulher que considera como sendo a única de sua vida. Sei que você não conseguiria evitar que as lágrimas fossem derramadas, se eu esperasse só um pouco mais, antes de te dizer isso.
Estamos no ponto mais alto da roda gigante, vulgo vida, e sei que mentir para você dizendo que o amo mais que tudo nesse mundo, só o machucará ainda mais. Me perdoe por não ser a garota certa, por querer voar tão mais alto que você. Por tê-lo feito desperdiçar palavras bonitas, gestos gentis e um pouco desse amor absoluto e imenso que você carrega no peito. Você será o meu menino. O meu primeiro amor. Lembre-se disso. Seguir em frente não significa que tenho que te esquecer, significa apenas que você passará a fazer parte das minhas melhores lembranças. Deixo com você, as memórias da garota que um dia eu fui, pela qual você se apaixonou. Deixo com você, todos os sorrisos, todos os momentos doces, todas as promessas... Deixo com você a garota da qual estou me despedindo agora, porque preciso ir. O tempo não para e por mais que eu sinta em deixá-lo, sei que estou fazendo a coisa certa. 






2 comentários:

  1. Nossa que texto lindo!! Nada melhor do que recomeçar e seguir em frente.
    Muito bom!!
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada Kelly, você é uma fofa!!! Com toda certeza, nada melhor que começar do zero e enfrentar novos desafios. Um grande beijo!

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.