A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern

Tenho mil e um livros na fila, mas não consegui deixar para depois o lançamento da Cecelia Ahern... Jesus, eu me apaixonei pela escrita desta autora depois de ler P.S Eu Te Amo! Não consigo mais evitar a ansiedade por mais alguma obra sua... Então, depois desta declaração, nem preciso dizer que A Vez da Minha Vida realmente me encantou, não é?







A Vez da Minha Vida - Cecelia Ahern


Sinopse: Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, encontra um envelope de ouro no tapete. Há um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: ela está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. 
Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez - e histórias que contou - também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, as meias - verdades serão reveladas totalmente, a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa.
Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida. E ela terá de cumpri-lo.

Resenha por Kate: Sabe quando você começa a ler algo, e simplesmente não consegue deixar de ler? Você nunca encontrou algo que se parecesse tanto com você, e é a primeira vez que se identifica tanto com um personagem... Bom foi assim comigo e Lucy em A Vez da Minha Vida. 
Geralmente eu odeio criar tantas expectativas sobre um livro, porque eu sempre me decepciono com ele de algum modo, mas com o lançamento de Cecelia Ahern foi diferente. Eu realmente esperava muito dele, e o que recebi em troca conseguiu ser ainda melhor do que as minhas expectativas previam.

A Vez da Minha Vida, é sobre quando Lucy Silchester vai deixando a sua vida de lado... Aos poucos, perdendo o brilho e deixando que seus dias caiam na rotina, se acostumando ao nada e ao vazio, á comodidade de não esperar por algo melhor. Porque depois de ser abandonada por Blake - o cara com quem namorou por cinco anos - e de perder o tão aclamado emprego e o apartamento luxuoso e confortável onde morava, ela estava acabada. Arrumara um emprego como tradutora de manuais de instruções e comprara um apartamento pequeno que estava sempre uma confusão. Não saia mais, e arranjava mentiras para todo o tipo de situação em que precisasse deixar as pessoas saberem mais sobre ela. E então, quando começa a receber convites de sua Vida para encontrá-la, ela os rejeita achando aquela a situação mais patética do mundo. Por que sua vida queria se encontrar com ela? Estava tudo correndo bem até então, não estava?


"_ Alguém no trabalho sofreu um ataque cardíaco e, então, você fingiu para os paramédicos, que era da família para que pudesse entrar na ambulância e sair do trabalho mais cedo. 
_ Foi uma suspeita de ataque cardíaco e eu estava preocupada com ele.
_ Você disse ao motorista da ambulância para deixá-la sair no final do quarteirão. 
_ O homem teve só um ataque de ansiedade, ele estava bem cinco minutos depois. 
_ Você é relaxada, perde tempo, nunca termina qualquer coisa que não seja uma garrafa de vinho ou uma barra de chocolate. Muda de ideia o tempo todo. Você não consegue se comprometer." Pág. 50


Lucy só não esperou que sua vida fosse um homem de aparência duvidosa, infeliz, mau humorado e que era ainda mais irônico do que ela mesma. Vida estava disposto a jogar em sua cara todos os seus erros e a fazê-la enxergar que ela estava sim, tendo problemas em controlar a sua própria vida, fato que ela odiava admitir. 

Os Silchester são uma família completamente difícil de lidar, e é deles que Lucy mais se esconde. Ela não está disposta a aceitar ser julgada por seus parentes perfeitos e que se deram bem na vida, ao contrário dela, que nem mesmo um carro decente possui. 

E as mentiras são sem dúvidas, o verdadeiro carma de nossa protagonista, ela mente sobre tudo e para todos só para que pensem que sua vida é melhor do que parece. Ela não consegue ser verdadeira nem mesmo consigo mesma, mas quando liga para um 'número errado' numa noite qualquer, e descobre que com ele consegue ser ela mesma, sua vida dá uma guinada surpreendente. Porque como o próprio Vida falou, um número errado ás vezes, pode acabar sendo o número certo.  


"_ Quer me dizer seu nome ou isso a fará quebrar o código de ética do número errado?
_ Não tenho nenhum problema em dizer meu nome a um completo estranho. É Gertrude.
_ É um nome adorável, Gertrude. - podia ouvir o sorriso na voz dele.
_ Muito obrigada!
_ Sou Gepeto.
_ Prazer em conhecê-lo, Gepeto. Com vai Pinóquio?
_ Ah, você sabe, dizendo mentiras e se gabando por não ter responsabilidade com ninguém." Pág. 70


A Vez da Minha Vida é totalmente diferente de P.S Eu Te Amo - outro grande sucesso da autora. Embora tenha a mesma narrativa fácil e divertida, Lucy é muito mais irônica e sádica do que a doce Holly. Muito mais de mau com a vida, também. E eu pude rir bastante das suas mentiras e gambiarras para sair delas. A obra me lembrou muito 'O Segredo de Emma Corrigan' porque assim como a protagonista de um dos livros de Sophie Kinsella, Lucy também mente muito e sobre cada bobeira... É muito divertido de acompanhar as confusões em que ela se mete. 

E Vida acabou que se tornando um dos meus personagens favoritos, porque é quase que tão ruim quanto Lucy. Porque aliás ele é o espelho dela, então se ela está feliz, ele também está e se esta de mau humor... Bom...
Os personagens são muito bem construídos e a narrativa de Cecelia continua sendo uma das melhores do gênero, na minha opinião.  

É um romance divertidíssimo e que te faz refletir bastante sobre a sua própria vida e sobre o que você tem feito com ela. Me inspirou bastante acompanhar a trajetória de Lucy, e é por isso que eu te indico esta obra de todo o coração. Você vai amar! A estética da obra ficou maravilhosa, embora eu ache que merecia um pouquinho mais de personalidade... E eu estou mais do que ansiosa para mais de Cecelia Ahern! 


Capa: 4
Enredo: 5
Desenvolvimento da História:5



Kate Willians
KATE_WILLIANS Uma blogueira aquariana de 17 anos, que ama escrever e ler de tudo, adora The Vampire Diaries e é mais desastrada que um pato. Sonha em ser jornalista e acaba de publicar o seu primeiro livro; Debaixo das Minhas Asas.

2 comentários:

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.