Conselho de Amiga - Siobhan Vivian

Boa noite Drunk Lovers! Aqui a resenha prometida e desta vez sobre um livro que mexeu muito comigo... Quero dizer, vocês já leram algo que falasse tanto sobre vocês, que os fizesse se sentir na pele dos personagens, vivenciando o seu drama? Conselho de Amiga foi este livro para mim, querem saber porquê?!







Conselho de Amiga - Siobhan Vivian

Sinopse: Ruby está completando 16 anos, mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai, desaparecido há muito tempo, aparece e Ruby não quer ter nenhum contato com ele. Ao contrário, ela quer sair com suas amigas: a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby - sobre garotos, sobre seu pai, como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão sinceras quanto dizem.

Resenha por Kate: Ruby acaba de fazer 16 anos, quando a visita inesperada de seu pai que não via há seis anos, muda por completo a sua vida. Desde a separação de seus pais, Ruby deixou de criar expectativas a respeito das pessoas á sua volta e de seu próprio futuro. A sua vida passara a ser tão vazia quanto ela própria, quando Jim resolveu ir embora, abandonando ela e sua mãe. 
Suas amigas; Maria, Katherine e principalmente Beth - sua amiga de infância são as responsáveis pelos poucos momentos felizes da menina e mesmo elas, parecem não entender o que se passa com Ruby. 
Ruby ama o seu pai, mas não consegue perdoá-lo mesmo quando ele aparece para tentar se reaproximar e as suas amigas que estavam mais do que acostumadas a dar palpites sobre tudo na vida da menina, de repente não parecem mais as mesmas, não conseguem descobrir como Ruby está se sentindo. E isso bota em dúvida toda a sua amizade.


" _ Ah, mas você pode! Algumas são  mais velhas. É como os meninos escoteiros. Não exatamente como eles.
  _ Mãe, eu não quero ser bandeirante. É só uma fantasia de Halloween.
Ela pousa o pincel atômico na mesa e olha para mim, como se tivesse feito algo errado.
  _ Você pode fazer o que quiser, Ruby. É isso o que estou querendo dizer." Pág. 92


Ruby nunca se interessou por garotos, mas quando Charlie, aparece em sua vida; Ela não pode evitar se apaixonar. Ele parece tão perdido quanto ela e é o único que não a julga ou lhe dar conselhos sobre como deveria agir o tempo inteiro. 

Conselho de Amiga, é uma obra que já andou sendo muito criticada por ai, e que confesso que não tenha me encantado logo de primeira mas que tem uma história real e emocionante sobre a vida de uma adolescente que sofre com a separação dos pais. 

É repleto de personagens encantadoras e o mais importante; reais, que poderiam muito bem ser reconhecidas em vários adolescentes por ai. 


" _ Me desculpe se eu me preocupo com você, tá bom? Me desculpe se não quero que você se magoe - provoca.
  _ Ai, por favor. Você adora me dizer o que fazer. Você faz isso com todo mundo. Você diz a Katherine para passar por cima das diferenças com o pai dela. Você diz a Maria para terminar com o Davey. Você acha que pode andar por aí mandando em todo mundo. Bem, não quero mais que se intrometa na minha vida." Pág. 196


Eu demorei a passar das primeiras páginas da obra, porque realmente, achei que era um dos livros mais chatos que já tinha lido mas resolvi dar uma segunda chance e não é que eu estava certa? A história me cativou principalmente por eu me reconhecer de fato, na personagem; Ela tinha problemas reais, não era descrita como 'a perfeição em pessoa', tinha problemas em lidar com os pais, uma convivência extremamente difícil com a mãe e amigas muito diferentes uma das outras. Era uma adolescente de verdade, passando por situações que os adolescentes normalmente passam. Então eu gostei de ver o quanto as amigas de Ruby  podiam ser ao mesmo tempo tudo o que ela precisava e ao mesmo tempo, tudo o que ela deveria evitar. Porque todos achavam que sabiam o que era melhor para ela e no fim das contas, ninguém sabia de nada.

Pessoalmente acho, que melhores amigos de verdade, jamais esconderiam segredos tão grandes como os que Beth escondeu de Ruby. Tudo bem, ela estava preocupada com a amiga, mas não podia esconder um fato que mudaria tudo na vida da mesma. Ela deixou que Ruby vivesse em uma mentira, e não é isso o que os amigos fazem.

A mãe de Ruby também me passou uma impressão muito 'rasa'. Era uma personagem intrigante e ao mesmo tempo monótona que deveria ter tido mais ação na história.Gostei do romance entre Charles e Ruby, por ele parecer extremamente normal e fácil de se encontrar por ai. Não é o tipo de romance 'Romeu e Julieta', mas é tão bonito quanto. 

A obra me passou uma boa impressão, apesar de como dito antes, o começo ter sido extremamente maçante. Também concordo que, a sinopse da obra, tenha 'saido' muito da história original. Quero dizer, nenhuma das personagens tem a descrição dita pela sinopse. Achei isso muito errado!

A estética da obra, me surpreendeu, como sempre... E espero poder ter uma oportunidade futura de ler mais obras da autora!


Capa: 5
Enredo: 5
Desenvolvimento da História: 4


E você, também tem um livro com o qual se identifica muito? Nos diga nos comentários, ou pelo twitter @DrunkCulture!


Kate Willians
KATE_WILLIANS Uma blogueira aquariana de 17 anos, que ama escrever e ler de tudo, adora The Vampire Diaries e é mais desastrada que um pato. Sonha em ser jornalista e acaba de publicar o seu primeiro livro; Debaixo das Minhas Asas.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.