As Fanfics do Momento: Dangerous - I like the way it hurts

Mais uma Dangerous por aqui, hein? Só que essa é uma completamente diferente! Mesmo para os que não são fãs de Jonas Brothers, "Dangerous - I like the way it hurts" pode ser bastante surpreendente. A autora é a Liz, que vocês também vão conhecer. Vamos lá?



Em "Dangerous - I like the way it hurts", a personagem principal é uma garota inocente e ingênua, que acaba por se envolver com o garoto que "domina" a escola em que estudam da maneira mais cruel e autoritária possível. Esse garoto é Nick Jonas, e o autoritarismo é uma tradição em sua família, que passou de Kevin para Joe, então para ele que um dia passará para Frankie. E falando em tradições, parece que o envolvimento com uma garota doce como a principal também faz parte dos interesses dos Jonas - assim como o ato de partir o coração dela. Foi o que Joe Jonas fez a Demi Lovato, e provavelmente será o que Nick fará a principal, que é, por coincidência, irmã mais nova de Demi. Mas e se... Nick se apaixonar por ela? Como fica o reinado dos Jonas e todas as tradições?

Entrevista com a autora
Em "Dangerous - I like the way it hurts", Nick Jonas é retratado de forma muito diferente de como as fãs normalmente o veem. 
Como surgiu essa ideia?
Provavelmente do meu cansaço de ver os Jonas serem retratados como exemplos de perfeição (o Nick principalmente)  e os shippers (Niley/ Nelena) prontos também ajudaram. Então, lembrei de um filme chamado Segundas Intenções. Eu queria aquela fachada de garoto bem criado, mas que no fundo é algo  totalmente diferente. Foi a partir do Sebastian, um dos protagonistas do flime, que veio a ideia de criar a personalidade do Nick. Ele é o resultado de uma família desestruturada.

A personagem principal é uma garota meiga e inocente, mas que sabe o risco que corre saindo com Nick, principalmente pelo que já aconteceu a sua irmã, a Demi. Você acha que ela tem algo a ver com você ou é uma criação completamente independente?
No fundo eu acho que quem escreve fanfics acaba sempre se retratando um pouco no personagem. É um risco que se corre. Em alguns momentos você para pensa "Certo como eu agiria nessa situação?" e meio sem perceber você acaba se colocando na história. Nada premeditado, acaba acontecendo naturalmente.

Você sempre foi fã de Jonas Brothers? Como surgiu o desejo de começar a escrever fanfics?
O primeiro clip que vi foi When you look me in the eyes quase no finalzinho de 2006 e o interesse por eles foi surgindo naturalmente. Sou admiradora não somente dos Jonas Brothers em si, mas da estrutura familiar que eles tem. Os valores que Denise e Kevin Sr. passaram pra os três é refletido na forma carinhosa que eles tratam quem se aproxima.
Pra mim, particularmente, o desejo escrever está muito ligado ao meu gosto pela leitura. Quase como fruto de tudo que leio. Eu era daquelas crianças que ficava muito mais contente de ganhar um livro do que de ganhar uma boneca. E por outro lado, sempre vi meu avô, professor de Português e Literatura e uma tia jornalista escreverem. Ver as pessoas expressarem suas ideias pra mim era algo muito natural.
E sempre escrevi fanfics sem saber o que era. Escrevia no caderno e algumas amigas liam e pediam pra continuar a história. Só uns 4 anos que conheci o termo, mas há uns 2 anos que comecei a escrever realmente. Hoje além Dangerous, escrevo Stay - Forever You and I e estou escrevendo mais outras duas.

Como têm sido o retorno das leitoras? Você considera os comentários uma forma de estímulo para continuar a escrever?
No geral tem sido muito bom. Como falei no começo, aquele cansaço mesmice das fanfics com os JB, acho, que não acontecia só comigo. Muitas meninas mandam coisas engraçadas dizendo que querem um Nick igual ao da história, apesar de pessoalmente achar o tipo relação dele com a team pouco saudável. As meninas veem charme nessa ousadia dele. Também já recebi criticas duras, algumas meninas ainda veem o Nick como o príncipe encantado incapaz de fazer alguma garota sofrer. E os comentários de alguma forma acabam instigando e fazendo com que eu tenha mais vontade de escrever.

Sem dar spoilers, o que você pode adiantar sobre os próximos capítulos da história? Quais surpresas esperam pelas leitoras de Dangerous - I like the way it hurts?
Pra mim são duas as surpresas: a primeira delas com certeza é em relação ao Kevin, ou melhor a personalidade dele. Ele é aquele que faz o que no fundo todos nós, pelo menos uma vez na vida, já tivemos vontade de fazer. Ele faz o mal e não tem vergonha disso. Manipula e mostra seus desejos sem constrangimento. E a segunda é o que ele fez a Demi, o que mostra o quão doente é a mente dele.

Por último, mande uma mensagem para os leitores do Drunk Culture que ainda não conhecem a sua fic e diga porque acha que eles deveriam conhecê-la.
É como falar de um filho.
Dangerous é a fanfic que acaba mostrando que ninguém é perfeito. Que as aparências enganam e que nem sempre só o amor é o suficiente pra alguém mudar. Ela não é uma história de amor típica, ao mesmo tempo que Nick é capaz de atitudes extremamente românticas, ele também pode ser egoísta e sórdido só pra manter quem ama ao lado dele. 

~~

Gente, de verdade, eu adoro essa fic! E olha que não sou fã de Jonas Brothers, nem nada! Essa é a minha dica: deem uma chance, Dangerous - I like the way it hurts é realmente muito diferente das fanfics de Jonas Brothers que estamos acostumados a ver. A fic está hospedada no Fanfic Obsession, na sessão Jonas Brothers (D). Vale a pena conferir!


ESPECIAL GINCANA



Sofia Queirós
SOFIA_QUEIRÓS Meu nome é Sofia Queirós - bem, mais ou menos - mas todos me chamam de Sofi. Eu sou o que devem chamar em português de livrólatra, mas suponho que isso não seja exatamente uma surpresa, uma vez que sempre acreditei que quem não é viciado em livros ainda não os conheceu verdadeiramente. No mais, provavelmente tenho outros interesses (como escrever), mas na maior parte do tempo estou lendo ou falando sobre livros. O que não impede ninguém de falar comigo sobre qualquer outra coisa - não se acanhem. Livrólatras não são tão antissociais quanto o estereótipo sugere.

Quer ser o Top Comentarista de Agosto/Setembro, preencha aqui, o formulário.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.