A Garota Americana - Meg Cabot

Boom dia! Trazendo a resenha de um livro que não me deixou pregar os olhos ontem a noite, é muito bom e eu super indico! Meg Cabot é mesmo a rainha da literatura, vocês vão adorar.




Garota Americana – Meg Cabot


Sinopse: Samantha Madison está em apuros. E tem dez motivos para isso:
10) Sua irmã mais velha é a garota mais popular da escola.
9) A irmã caçula é um gênio.
8) Samantha está apaixonada pelo namorado da irmã mais velha.
7) Foi pega vendendo retratos de celebridade na escola.
6) Depois  foi obrigada a frequentar aulas de arte.
5) Salvou o presidente dos Estados Unidos de uma tentativa de assassinato.
4) Por isso, todos a consideram uma heroína.
3) Apesar de Samantha saber que está muito longe de ser uma heroína.
2) É indicada jovem embaixadora da ONU.
E o maior de todos os motivos para sua vida estar perdida:
1)      O filho do presidente parece estar apaixonado por ela.
Meg Cabot, autora das séries O Diário da Princesa e A Mediadora, apresenta aos leitores brasileiros, uma nova heroína que promete repetir o sucesso de Suzannah.
Um grande romance, com uma personagem inesquecível.


Resenha por Kate: Confesso que estava sentindo falta da narrativa descontraída da Meg Cabot. Sempre fui fã das obras dela, justamente porque ela capaz de nos fazer rir, chorar e entrar realmente de cabeça na história.  E com Garota Americana, não foi diferente!

Desta vez Meg Cabot, nos apresenta Samantha Madison; 15 anos, ruiva, ‘emo’, apaixonada pelo namorado da irmã mais velha, artista nata, nada popular.
Sam é a filha do meio, menos dotada, por assim dizer. Lucy a mais velha, é linda e popular, e também líder de torcida. Rebecca, a caçula, é super inteligente e estuda em uma escola especial para ‘nerds’ de nível universitário.  E Sam é só uma garota ‘bonitinha’ que sabe desenhar.  Não recebe muita atenção dos pais, e é uma vergonha para Lucy.

Mesma que quando descobre que Sam está cobrando para desenhar celebridades para as garotas da sua sala, no colégio, é a primeira a dedurar ela para os pais. Que a obrigam a fazer aulas de arte com Susan Boone; Uma maluca que se parece e se veste como um elfo.


“Minha mãe suspirou. Sempre foi muito popular no ensino médio, igual à Lucy. Até ganhou a eleição para Miss Espírito Estudantil nessa época. Minha mãe não entende onde errou comigo. Acho que culpa meu pai. Ele não foi eleito nada no ensino médio porque, igual a mim, passava a maior parte do tempo imaginando como seria estar em outro lugar.” Pág. 28


E é na aula de artes da maluca Susan Boone, que Sam conhece David, o primeiro cara que parece prestar atenção nela. E ela tem de concordar que talvez ele seja até mais bonito do que o Jack – sua alma gêmea, namorado de Lucy.

Porém, as coisas não vão nada bem para ela depois que Susan a humilha na frente de todos. E é por isso que ela começa a matar a aula da mesma, e acaba que por coincidência, salvando a vida do presidente dos Estados Unidos ao se atirar na frente de uma bala, que era para ter sido para ele.


“_ Samantha – minha mãe repetia sem parar, afundando-se na ponta da cama e mexendo o cabelo da minha testa de um lado para o outro. _ Está tudo bem com você? Foi só o seu braço? Está com dor em mais algum lugar?
_ Não – respondi. _ É só o meu braço. Está tudo bem. Mesmo.
Mas eu continuei falando com aquela voz, só por via das dúvidas.
Eu nem precisava ter esquentado a cabeça. Eles não faziam a mínima ideia sobre a história da aula de desenho. Só estavam felizes por eu estar bem. Meu pai até conseguiu fazer umas piadas, só um pouquinho.
_ Se você queria mais atenção nossa, Sam, era só pedir. Não precisava se jogar na frente de uma bala.” Pág. 89


O mundo inteiro a considera uma heroína, mas tudo o que Sam quer é que seus pais  não descubram que ela cabulou a aula da Susan Boone. E quando ela parece começar a sentir algo por David – que mais tarde ela descobre, ser o filho do presidente – tudo parece se tornar uma bola gigante de confusão. Afinal, ela era apaixonada por Jack, não era?

Dei muitas risadas com a narrativa de Sam, ela é muito divertida e se parece muito com Mia Thermopolis – protagonista de Diário da Princesa. A história é ótima para se ler em um fim de tarde tedioso.



Capa: 3
Enredo: 5
Desenvolvimento da História: 5


Quer ser o Top Comentarista de Agosto/Setembro, preencha aqui, o formulário. 


Kate Willians
KATE_WILLIANS Uma blogueira aquariana de 17 anos, que ama escrever e ler de tudo, adora The Vampire Diaries e é mais desastrada que um pato. Sonha em ser jornalista e acaba de publicar o seu primeiro livro; Debaixo das Minhas Asas.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.