O Beijo Escarlate - Lara Adrian

Booa noite Drunk Lovers! Ou seria, Bom dia? Enfim, depois de um tempo sem resenhas minhas, aqui estamos nós... Agora com um super livro da Universo dos Livros. Mais um mês chegando ao fim, e muitas surpresas pela frente. Aguardem novidades até o fim deste mês! Beijoos...















O Beijo Escarlate – Lara Adrian


Sinopse: Tess Culver é uma sensual veterinária que se envolve com um desconhecido ao tentar salvá-lo. Ela luta pela vida de Dante que não é realmente um homem, e sim um dos guerreiros da Raça dos vampiros, que estão envolvidos em uma batalha sangrenta. Em um momento repleto de sensualidade, Tess invade seu mundo – um lugar obscuro em que os vampiros Renegados espreitam pela noite, causando terror por onde passam.
Aterrorizado por visões de um futuro sombrio, Dante vive e luta como se não houvesse amanhã. Tess é um contratempo de que ele não precisa – mas agora, com seus irmãos sob ataque, Dante deve protegê-la de uma ameaça crescente que inclui ele mesmo. Com um beijo imprudente e irresistível, Tess se torna parte importante de seu reino no submundo.
Ligados por um vinculo de sangue, Dante e Tess precisam se unir para acabar com inimigos letais, enquanto descobrem uma paixão que transcende às próprias fronteiras da vida...


Resenha por Kate: O Beijo Escarlate é a continuação do magnífico O Beijo da Meia Noite de Lara Adrian, mais um romance vampiresco sensual e eletrizante do começo ao fim, que merece o devido reconhecimento.

Tess Culver é uma veterinária doce e gentil que esconde de seus amigos e colegas de trabalho, um passado tenebroso – onde acabou tirando a vida de um homem, devido aos seus poderes como Companheira da Raça, - que vive em estado de negação. Ela está entediada, e acaba se tornando uma viciada em trabalho, como forma de esquecer – se de que a sua vida era na verdade, muito mais complexa do que aquilo que deixava transparecer.  Tess não tinha muito com o que se preocupar, exceto as contas da clinica que administrava e os sentimentos não correspondidos de seu melhor amigo Ben, por ela.
Isso, até Dante. Até um homem extremamente machucado invadir os fundos da clinica tarde da noite buscando por ajuda, e acabar mordendo sua jugular e sugando seu sangue. Transformando – a oficialmente em sua companheira de raça sem o seu consentimento.

E quando ele descobriu a marca de nascença em seu pulso, marca exclusiva das Companheiras de Raça, foi que percebeu o que havia feito.
Mas já era tarde demais.



“_Shhh. – Sentiu o ar quente contra o pescoço enquanto ele lhe falava em tom baixo com uma voz rouca e sofrida. _ Não vou... Não vou te... machucar. Prometo.
Tess ouviu as palavras.
E quase acreditou nele.
Até a horripilante fração de segundo em que ele abriu os lábios e cravou os dentes profundamente em sua carne.” Pág. 33



Por outro lado, há um grande mistério acontecendo na cidade. Renegados estão sendo criados com muito mais frequência do que de costume. Vampiros estão morrendo, jovens que poderiam ter um futuro promissor, estão se transformando em bestas sedentas por sangue. Graças á uma droga. Carmesim.

E há Dante. O guerreiro mais rude da raça. Ele nunca se importou com ninguém até surgimento de Tess em sua vida. Mas agora além de tentar conquistá-la, ele terá de descobrir novos meios de fugir da morte que tanto o arrodeia. Ele tem tido visões de sua própria morte e isso o está deixando maluco. Mas Tess parece acalmá-lo. Ela tem a capacidade de transformar Dante em uma pessoa melhor. Com um simples olhar. Com um simples toque.



“Deus, o que havia de errado com ela?
Estava perdendo a cabeça. Se fosse esperta, deixaria Dante e seu cachorro doente na sala de exame e daria o fora dali imediatamente.
Ah, claro. Isso seria muito profissional. Muito adulto.
E daí que ele a tinha beijado uma vez? Tudo o que havia feito agora tinha sido roçar seus dedos nos dela; ela é que estava exagerando. Tess respirou fundo, inspirou outra vez, desejando que sua fisiologia hiperativa se acalmasse. Quando finalmente estava sob controle de novo, virou-se e voltou para a sala de exame, percorrendo mentalmente uma dúzia de vergonhosas desculpas que pudessem explicar por que tinha saído correndo.” Pág. 147, 148



O Beijo Escarlate me surpreendeu. Positivamente, é claro. Mais um romance que classifico como restrito, mas que vale muito a pena ler. Estou gostando dessa maré de séries que não tem um padrão definido. O interessante é que cada título traz como protagonista um dos irmãos da raça, assim como em outras obras que já resenhamos. É uma iniciativa diferente e que tem dado muito certo. O trabalho estético da editora também ficou excelente. Recomendo e muito!


Capa: 5
Enredo: 5
Desenvolvimento da História: 5




Kate Willians
KATE_WILLIANS Uma blogueira aquariana de 17 anos, que ama escrever e ler de tudo, adora The Vampire Diaries e é mais desastrada que um pato. Sonha em ser jornalista e acaba de publicar o seu primeiro livro; Debaixo das Minhas Asas.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.