Semana Especial - Elizabeth Chandler

Bom dia Drunk Lovers! Hoje nós iremos dar inicio a uma semana em especial, a semana dedicada à autora da série Beijada, Elizabeth Chandler! Traremos para vocês resenhas, novidades e algumas curiosidades... Espero que gostem e comentem bastante porque lembrem-se: Seus comentários valem prêmios, e você pode ser o Top Comentarista do mês de janeiro! Para inicio de conversa vou apresentar um pouco mais dessa autora maravilhosa para vocês...


Sobre a autora 



Mary Claire Helldorfer, que utiliza em algumas de suas obras o pseudônimo Elizabeth Chandler (BaltimoreMarylandEUA), é um escritora estadunidense pós graduada pela Misericórdia High School. Ela tem escrito vários livros ilustrados para crianças sobre seu nome real Mary Claire Helldorfer. Porém o seu grande sucesso, a trilogia Beijada por um Anjo está assinada como Elizabeth Chandler. Mary Claire é admiradora de Elizabeth Margaret Chandler (1807 - 1834) famosa escritora e poetisa, por isso se utiliza de seu nome como pseudônimo.


Pode parecer loucura mas é apenas isso que há sobre a autora na web. Entrei em contato com a Novo Conceito e confirmei minhas suspeitas: Mary Claire (Elizabeth) é a autora mais misteriosa da atualidade. 
Agora irei deixar vocês com a resenha do primeiro livro da série Beijada.









Beijada por um anjo ‘Uma incrível historia de amor e suspense’ – Elizabeth Chandler

Sinopse: “Ivy acreditava e confiava nele como jamais tinha confiado em alguém. Um dia criaria coragem para dizer, com todas as letras, eu te amo Tristan” O nadador Tristan era o rapaz mais popular da escola e habitava o imaginário de todas as meninas da cidade. Na verdade quase todas, menos Ivy Lyons. Ivy só queria a companhia dos anjos. Seu preferido, desde menina, era Tony, o anjo da água, desde que o chamou pela primeira vez ao cair em uma piscina, sem saber nadar. A água, que era o temor de Ivy e a paixão de Tristan, seria a responsável pela aproximação de suas vidas e os envolveria em uma linda história de amor, companheirismo e confiança. A paixão envolvente, o companheiro ideal e a crença nos anjos são interrompidos no dia em que Tristan sofre um acidente. Uma linda historia de amor interrompida cedo demais...


Resenha por Kate: Elizabeth Chandler era novidade para mim. Nunca tinha ouvido falar da autora, apesar de já ter escutado algo sobre sua série ‘Beijada’ ainda não tinha tido a oportunidade de lê-la. Então a Novo Conceito me deu essa oportunidade, de conhecer mais o trabalho da autora e adivinha? Me apaixonei. A arte da capa é maravilhosa; sutil, harmoniosa e delicada. As páginas amarelas são minhas favoritas e há asinhas que enfeitam as páginas do livro nos deixando ainda mais intrigadas com sua fofura.
O enredo: anjos, diferente de todos os que estão disputando atualmente na literatura. Os personagens me pareceram extremamente maravilhosos. Eu particularmente me apaixonei por Tristan. Acho que ler a sinopse e logo de cara já saber que Tristan irá morrer em meio ao primeiro livro, não encoraja ninguém a ler, não é mesmo? Mas eu lhe garanto que você irá amar cada mínimo capitulo desse primeiro volume de Beijada por um Anjo. Elizabeth Chandler cria um mundo novo, bonito... Não é o melhor dos melhores em se tratando de anjos, porque não pode ser comparada, por exemplo, á saga ‘Hush-Hush’ porém pode ser que eu chegue a pensar diferente ao ler todos os livros, quem sabe. Não podemos saber muito sobre Ivy, por exemplo, exceto sobre seu amor por anjos e sua fé neles. Acho que Elizabeth poderia ter explorado mais Ivy e Tristan, ter se aprofundado mais no relacionamento deles antes de nos jogar a bomba do acidente e de sua morte.

“Na mesma hora em que seus olhos se encontraram. Ela virou seus olhos redondos como tomate cereja para a direção de sua mãe. Tristan tinha certeza de que ela finalmente sabia de sua existência. Ele tinha também plena certeza de que ela nunca sairia com ele. Jamais.” Pág. 35

No entanto todo o percurso que Tristan faz, todas as loucuras e desastres que antecipam seu relacionamento com Ivy, quando ele está tentando chamar sua atenção são extremamente engraçados e fofos. Quando ele a esta ensinando a nadar por exemplo, é extremamente charmoso e delicioso de se ler. E seu primeiro encontro com Philip – o irmão lindinho e caçula de Ivy – é tão vergonhoso que não há como não se apaixonar pelo jeitinho ‘infantil’ de Tristan.

“_Você tem de esperar até que ela decida se aproximar de você – aconselhou Ivy. – Ignore-a por uns dias, talvez algumas semanas, se preciso for. Quando se sentir solitária ela mesma virá até você.” Pág 99

E não sou muito fã de gatos não, mas Ellah é incrível, cheia de personalidade. Me lembrou um pouco a gata de Zoe Redbird de House of Night, seriamente mal humorada mas um doce quando conquistado.
O livro é super bem escrito, os cenários bem detalhados e por mais que os acontecimentos venham rápido demais, Beijada por um anjo é encantador.
Então não se deixe intimidar pela sinopse, o livro é ótimo e merece a sua atenção, até porque virão mais livros da série por ai... É melhor você se atualizar, não acha?!

Capa: 5
Enredo: 5
Desenvolvimento da historia: 4

Histórico de leitura no Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/historico_leitura/12982867


Amanhã continuamos com a resenha do segundo volume da série e mais algumas novidades! 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.