A Paixão Mais Sombria - Gena Showalter

Boa noite Drunk Lovers! Venho trazer a resenha de hoje, um livro qual particularmente gostei bastante... Então sem mais conversa fiada, leiam e comentem!



A Paixão Mais Sombria – Senhores do Subterrâneo, vol. 5 – Gena Showalter

Sinopse: Há milênios, quando os deuses habitavam o mundo, doze gregos foram condenados a carregar por toda a eternidade os espíritos malignos que libertaram da caixa de Pandora. Agora, eles precisam encontrar a única relíquia capaz de dar fim a seu sofrimento... Ainda que possa destruí-los.
Havia muitas semanas que Aeron sentia uma invisível presença feminina. Um ser celestial – ou demônio assassino – fora enviado para matá-lo. Olivia afirmava ser um anjo que fora expulso do paraíso ao renunciar a sua imortalidade, pois não suportaria fazer mal a Aeron. Confiar e se apaixonar por Olivia seria arriscado para todos os Senhores. Então, como aquela “mortal” de grandes olhos azuis conseguira desatrelar a paixão mais sombria em Aeron? E agora, com um inimigo cada vez mais próximo e seu fiel demônio decidido a afastar Olivia de vez, Aeron está dividido entre o dever e o desejo. Pior: um novo algoz surge com a missão de terminar o trabalho inacabado de Olivia.
Sucesso de público e de critica, a saga Senhores do Mundo Subterrâneo tem como cenário os dias atuais, um presente povoado por deuses e guerreiros que sobreviveram ao fim de sua era e que, ocultos, ainda caminham entre nós. A paixão mais sombria é o quinto volume de uma série repleta de ação, fantasia e romance, em que antigos mitos se transformam em um épico contemporâneo.

Resenha por Kate: Quente, poderoso e surpreendentemente bem escrito, A Paixão Mais Sombria é de fato o romance adulto que mais admiro. Gena Showalter é a autora da série mais comentada entre as leitoras da Harlequin; Senhores do Mundo Subterrâneo, que conta a história de homens imortais cujos corpos abrigam os demônios da Caixa de Pandora. Um a um, os livros contam com a presença de cada um dos imponentes senhores e este quinto volume, nos mostra Aeron, o guerreiro que sempre colocou os amigos em primeiro lugar. O guerreiro que nunca acreditou que um dia fosse precisar ou querer uma companheira e que se vê extremamente desnorteado ao ser abordado pela paixão e admiração estrondosas de Olivia, um anjo que aparentemente caiu por sua causa. E que parece disposto a tudo para conquistá-lo.

“_ Aquelas pessoas. Elas envelhecem e se deterioram num piscar de olhos.
_E?
_ Deixe-me terminar. Se você se apaixona por uma delas, pode tê-la por boa parte de um século. Talvez, se uma doença ou acidente não o destruir. Mas será um século observando-a definhar e morrer. E durante todo esse tempo você saberá que uma eternidade sem ela espera por você.” Pág. 10

Ira, o demônio que Aeron abriga, parece gostar da presença de Olivia e isso é mais uma coisa que deixa o guerreiro intrigado. Pois seu demônio não costuma gostar de nada nem ninguém, exceto seus amigos Senhores e Legião – o demônio que Aeron cria com afeição paterna – mas, no entanto, parece ver no anjo um pedaço do céu que lhe foi roubado.

“_Eu observei você – ela continuou – e, também os que estão ao seu redor , e eu... Senti uma dor. Eu quis você, e eu quis os que eles tinham... liberdade, amor e diversão. Eu quis brincar. Quis beijar e tocar. Queria uma alegria só minha. – seus olhos encontraram os dele, frios, tristes. – No final das contas, eu tive uma escolha. Cair... ou matar você. Decidi cair. Então aqui estou. E sou sua.” Pág. 36

O livro prendeu a minha atenção do começo ao fim e eu quase não consegui parar de ler. Aeron é violento o bastante para te fazer sentir medo, no entanto, ele tem um grande coração e por mais que estas palavras nunca tenham sido usadas numa mesma frase, é assim que eu o descrevo. Minha mente vagou por vários rostos até que eu consegui imaginar Aeron com perfeição... Os outros Senhores também são personagens de personalidade forte, sexy e extremamente intrigante. Olivia é um poço de ingenuidade, uma protagonista diferente de todas as outras. Não há malicia alguma nela, mesmo quando usa ‘palavras nada discretas ou sofisticadas’ para fazer pedidos à Aeron. E fiquei ainda mais curiosa ao saber que todos os casais citados em A Paixão Mais Sombria tem seus próprios livros na série, e isso só me instigou ainda mais a comprar os outros quatro volumes.

“_Então me diga outra coisa. Você abriu mão de sua imortalidade para se divertir e veio correndo para mim. Isso significa que você espera que eu lhe proporcione toda essa diversão. Mas por que faria isso, por que abriria mão de tanta coisa e dependeria tanto assim de mim, se estou prestes a ser assassinado?
Ela abriu um sorriso tristonho.
_Prefiro estar com alguém por pouco tempo do que não estar nunca.” Pág. 145

A arte da capa, apesar de simples, é extremamente bonita e a diagramação está perfeita. Não vi nenhum errinho sequer, e se vi, não percebi. A Harlequin está de parabéns! E antes de indicar este livro, devo dizer que ele é sim ‘Erótico’ e também cheio de palavrões, dos grandes mesmo. Então se não aprecia esse tipo de coisa, não leia. Mas para quem não vê problemas, é um livro maravilhoso e o mais interessante é que você pode começar a ler a série a partir do segundo, quarto livro. Pois todos eles contam a história de diferentes casais então você não vai precisar recorrer logo ao primeiro. Gena Showalter é uma autora maravilhosa, e você deve ter  a série Senhores do Mundo Subterrâneo como opção, caso necessite de algo mais maduro.

Capa: 5
Enredo: 5
Desenvolvimento da história: 5



ESPECIAL GINCANA






Kate Willians
KATE_WILLIANS Uma blogueira aquariana que ama escrever e ler de tudo, adora The Vampire Diaries e é mais desastrada que um pato. Sonha em ser jornalista e está tentando publicar seu primeiro livro.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.