Michelem Fernan - Autora de O caminho para Esplendor!

Boa tarde Drunk Lovers! Hoje é o dia de estréia de mais um projeto no Drunk, é o 'O Drunk questiona' que trará entrevistas com os autores brasileiros para o nosso blog, a tal da surpresa que tanto falei no Twitter @DrunkCulture e eu vim preparar esse post maravilhoso para vocês! Primeiro de tudo eu queria agradecer pela movimentação na nossa caixinha de seguidores, já estamos com muito mais seguidores do que antes e acho que isso é um bom sinal hehe
E também gostaria de agradecer á nossa nova parceira Novo Conceito que mandou mimos lindos para sorteio, estes que serão lançados em breve e quem acompanha o Drunk pelo Twitter já pôde até ver os kits que recebemos pela Twitpic e eu ando trabalhando muito nisso aqui ultimamente, estou preparando muitas novidades para o começo do ano e acho que todos irão amar!
Agora vamos ao que interessa, vou agradecer á Mi também por ter arranjado um
tempinho em sua agenda para nos ceder essa entrevista fantástica, para quem não sabe, ela é a autora de O caminho para Esplendor da editora Baraúna. Bora
conhecer um pouco mais sobre ambos?



Michelem Fernandes é pedagoga, nascida na capital do Rio de Janeiro. Durante a sua infância em uma colônia de pescadores, o que mais adorava fazer era voar nas asas da imaginação, sentada no alto das árvores, brincando de inventar histórias de mundos mágicos e distantes. Anos mais tarde, ao se tornar professora, descobriu que havia chegado o momento de compartilhar as suas histórias e escritas, como forma de incentivo à leitura. Desde então, não parou mais...










Sinopse do livro O caminho para Esplendor:

Thomas é um garoto tranquilo que adora a natureza. Mas sua vida pacata na
cidade de Valladana muda completamente ao encontrar no quintal de sua casa — com a ajuda do seu espevitado cachorro James — uma chave dourada e misteriosa. Imediatamente, resolve mostrá-la ao seu melhor amigo Fred, que fica impressionado com o achado. A chave não era como outra qualquer, ela pertencia a uma porta de entrada para um lugar fascinante e ao mesmo tempo sombrio: a Floresta Mágica, que era dominada por um ser abominável chamado
Malévolo — que habitava o Castelo Esplendor (antes pertencido à rainha Melliny). Junto de seu inseparável amigo Fred, Thomas viaja nessa aventura do bem contra o mal, em que é preciso ter coragem e estar atento a todos os imprevistos de um lugar enfeitiçado.

Entrevista com a autora

Pergunta: Então,Michelem, você é a primeira autora que entrevistamos e acho que não só eu como todos os nossos seguidores estão ansiosos. Para começar, eu gostaria de saber onde você tirou a ideia de O Caminho para o esplendor? Como surgiu Thomas e Malévolo?
R: Puxa, é uma honra ser a primeira entrevistada do blog! O caminho para Esplendor surgiu através de um sonho que eu tive com o castelo. Como sempre gostei de criar histórias com princesas,fadas, gnomos e Cia, achei maravilhoso, pois ela veio toda prontinha , como se fosse um presente das estrelas e sou muito feliz por tê-lo recebido...

Pergunta: Pela sinopse do livro podemos notar que se trata de uma trama altamente 'up' digo,cheia de aventuras. Foi difícil para você desenvolvê-las? [ As cenas de aventura] Se baseou em algo?
R: Não, pois tinha praticamente a história pronta em minha cabeça. Foi uma delícia escrever o livro. Era sempre o meu momento mais aguardado, como se eu voasse para Floresta Mágica e Esplendor. Era como se eu ficasse ali, escondidinha torcendo por Thomas, para que sua missão fosse cumprida. Apesar de ser uma história pequena, não ter 100, 200 páginas, é um texto gostoso de ler, pois prende o leitor do início ao fim.

Pergunta: Acho que sempre me senti curiosa em relação às coisas que passam pela cabeça dos autores quando mandam um original para avaliação. Costuma ser muito tenso?Conte-nos sobre isso!
R: Sim. Acho que é uma das etapas mais difíceis. Pois além de ser aprovado, ainda tem a espera do seu“nascimento” que parece ser uma eternidade.

Pergunta: O trabalho que a editora fez com a capa do livro teve um resultado magnífico. Tiveram alguns dedinhos seus ali? Digo, você participou na escolha da imagem para a capa, nas letras...? Como você se sentiu ao ver o resultado final?
R: Gostei bastante do resultado da capa. A editora me enviou algumas capas e esta acabou sendo escolhida na hora,por ser a imagem mais parecida com a obra.

Pergunta: Você tem também um livro infantil publicado! Fale um pouco sobre ele para que possamos conhecê-lo também!
R: Sim, se chama “Voando mais alto que uma pipa”. Conta a história do Lucas, um menino doce e sonhador que queria voar mais alto do que as pipas e ficar bem pertinho do céu. É uma obra muito querida, que fala de sonhos, amizade e generosidade.

Pergunta: Está sendo difícil para você, esse processo de divulgação do seu trabalho?
R: Acredito que não seja fácil para nenhum escritor brasileiro... Porém, está sendo muito bacana o processo de divulgação, pois tenho conhecido leitores tão queridos e amáveis de diversas partes do país.

Pergunta: Você pretende dar continuidade á obra, escrever um segundo volume para 'O caminho para esplendor'? Por quê?
R: Claro! Thomas precisa voltar para a Floresta Mágica e para o reino de Esplendor. Ele é o herói dos seres daquele mundo, e também precisa rever a sua amada.

Pergunta: Como você se sente ao ver a reação dos seus leitores ao terminarem de ler a obra?
Você os acompanha pelo Skoob?
R: É uma emoção imensurável! Tenho recebido muito carinho dos leitores em relação a aventura e aos personagens. E só tenho a agradecer por isso... Acompanho não só no Skoob, como também nos blogs, Twitter...

Pergunta: Em algum momento, você já se sentiu intimidada em meio ao desenrolar do seu livro?Digo, você já parou de escrever e pensou 'Acho que isso eles não vão gostar' ou 'Melhor dar uma mudada nesse capítulo'?
R: Não. Quando eu estava desenvolvendo a história,levava para os meus alunos ouvirem, o que acabava sendo importante na sua construção, pois podia ter um retorno imediato do que eles estavam achando da aventura. Em relação a mudanças, acabam sempre acontecendo para que possam enriquecer o texto. É algo natural na vidado escritor. Escrever, reescrever, dar continuidade a histórias que ficaram guardadinhas e escondidas.

Pergunta: Sua obra foi aceita de cara pela editora? Você já passou por algumas respostas negativas?
R: Sim. Respostas negativas sempre acontecerão na vida de um escritor, porém ele não deve desistir nunca na primeira tentativa, pois o que não é bom para um, pode ser para outro. Gosto não se discute, não é verdade? Existem leitores que curtem livros de romance, outros autoajuda, e assim é a vida... O que não pode é desistir dos seus sonhos!

Pergunta: E para quem não leu ou ainda não conhece o seu trabalho, como você argumentaria para que essa pessoa lhe desse uma chance?
R: Convidaria a ler o livro “O caminho para Esplendor”! E também a conhecer um pouco do meu trabalho, através do meu blog: michelemfernandes.blogspot.com


Pergunta: Fico mais do que lisonjeada em lhe ter como parceira e espero que isso nos renda ótimos resultados, mas antes de encerrarmos eu queria que você mandasse um recado não só para seus leitores como a todos que estão acompanhando essa entrevista!
R: Ah, amei a entrevista! Desejo a todos os leitores do blog Drunk Culture muitas felicidades!
Espero que vocês curtam o Livro O caminho para Esplendor!
Beijinhos esplendorosos!

E a Michelem é tão fofa que vai mandar para nós marcadores do livro autografados! Serão três ganhadores, gostou e quer participar? É só seguir o blog pelo Google Connect e comentar nesse post deixando a sua opinião sobre o post, o nome de seguidor e um meio de contato: pode ser E-mail, Facebook, Twitter... O resultado saí no dia 10/12/11!

Bora?

Beijinhos e mais tarde tem mais uma etapa do projeto as Fanfics do Momento com a Stelah!

1 comentários:

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.