The Secret Circle e Resultado da Batalha Meyer


Boa Tarde Drunk Lovers! Estou aqui com mais uma resenha, desta vez do seriado The Secret Circle e também trago para vocês o resultado da Batalha Meyer [Parte do projeto Batalha Literária] então acompanhem o post até o fim!




The Secret Circle - Baseada nos livros de L. J Smith

Quando eu vi que estavam produzindo mais uma série baseada nas obras da Lisa eu pensei; Não importa qual seja NUNCA irá superar TVD. E não me enganei, The Secret Circle é quase tão envolvente quanto The Vampire Diaries. Apesar de ser uma série ótima, não chega perto de afrontar Elena, Damon e Stefan... Talvez seja por ainda estar no inicio, ou não. Só descobriremos com o passar dos episódios.

A trama é bem desenvolvida pelo elenco composto por Britt Robertson (Cassie), Shelley Henning (Diana), Thomas Dekker (Adam), Phoebe Tonkin (Faye), Gale Harold (Charles), Jessica Parker Kennedy (Melissa), Chris Zylka (Jake), Natasha Henstridge (Dawn), Ashley Crow (Jane), Adam Harrington (Ethan) e Louis Hunter (Nick). Todos assustadoramente lindos, acredite!

O figurino é digno de aplausos e a trilha sonora... O que eu posso dizer é perfeita! Com um toque meio grunge, fizeram jus á todas as cenas em que foram inseridas. Cassie parece tão perdida na antiga cidade da mãe, chega até a fazer com que sofremos a dor da perda junto com ela.

Acho que posso dizer que senti certo ar de Stefan em Adam, toda aquela pompa de ‘Estou tão vidrado em você’ e Faye é o próprio Damon vestindo saias! Eu adorei isso, porque Phoebe consegue trazer toda a ironia e o sarcasmo para sua personagem com a maior naturalidade do mundo. E eu não gostei de Diana, pronto falei. Sempre tão ‘certinha’ e ‘controladora’ URGH! A personagem de Shelley poderia ter um pouquinho mais de personalidade, a garota parece um robô!

Melissa sinceramente não me chamou atenção alguma, quanto a Nick, sim ele pode competir com os ‘abdomens sobrenaturais’ mais perfeitamente esculpidos de todos os tempos, mas seu estilo arrogante e estúpido certamente perdeu alguns pontos comigo.

Quanto á Charles e Dawn, ‘os adultos’, posso dizer que formam o perfeito casal de vilões da trama. Dawn pode ate jurar de pés juntos que Charles não é nada alem de seu cúmplice, pra mim? É eles devem se pegar nos bastidores...

Comentando o primeiro episódio da trama TSC!

Episódio 01 ‘Pilot’ – Logo no inicio já vemos um pouco do ‘espírito’ da série, quero dizer, já dá para fazermos certa idéia do que acontecerá em meio ao desenrolar da historia. Confesso que a morte da mãe de Cassie me pareceu ‘absurda’ digo, rápida demais e um pouco ‘nua’ de detalhes. E fui só eu que notei certa ‘familiaridade’ entre Charles e o nosso querido Elijah? Certo, vou parar de comparar as duas séries... A conexão de Cassie com Adam seria explosiva, não fosse o moço ter uma namorada. Por favor, joguem Diana do décimo andar de um prédio, obrigada! É um dos triângulos amorosos mais complicados, em minha opinião e acho que será um daqueles ‘conflitos’ que irão se estender até o final da série. A descoberta de Cassie em relação á magia, realmente me pareceu verdadeira, digo, todos nós reagiríamos da mesma forma. Você é uma bruxa! E você é um pirado, com licença. Sem contar que a música de introdução do seriado, é um pouco assustadora.

Eu tentei não soar crítica, porém eu relatei o que senti ao assistir a série. The Secret Circle é boa mas não chega a surpreender. Porém como está apenas no inicio da primeira temporada, ainda posso mudar de idéia.




Release de O despertar dos Vampiros - Londres

SEBASTIAN ROOK


Ele estava suando, com a respiração pesada e o rosto branco de medo ou susto. O colarinho da camisa dele estava manchado de vermelho.
O jovem Ben Cole nunca poderia imaginar que uma viagem da Inglaterra ao México na companhia do pai, um antropólogo, e de dois amigos e companheiros de pesquisas dele se tornaria uma jornada de terror pela selva tropical.

Os rumos da expedição mudaram após um estranho acidente com o biólogo sir Donald Finlay. Até então um homem simpático e afável, ele se transformou em um tirano arrogante depois de ficar preso em uma caverna com dezenas de morcegos aparentemente inofensivos. A partir daí, sua única preocupação era com o bem-estar das criaturas que havia trazido da caverna e colocado em gaiolas para serem "estudadas".

Além disso, os nativos que auxiliavam os pesquisadores começaram a sofrer de um mal súbito que os matava em poucos dias. Existiria uma ligação entre os animais de sir Donald e a doença? A única explicação para o fato era a mais irracional possível. Depois de hesitar, Ben teve que admitir que algo perigoso estava acontecendo. Se não tomasse uma atitude, sua morte - e a de muitas outras pessoas - seria apenas uma questão de tempo.

Desesperado, o garoto tenta voltar para a Inglaterra de qualquer jeito. Contudo, as criaturas sanguinárias estão fazendo o mesmo caminho. Será que ele é o único que pode impedir que Londres seja tomada pelos morcegos assassinos? Enfrentar algo saído das profundezas do sobrenatural será uma tarefa difícil, em que o menor erro pode ser o último.

Uma história irresistível que mistura ação, perigo e incontáveis mistérios. Confira!

http://loja.editorafundamento.com.br/lstDetalhaProduto.aspx?pid=1129




Resultado da Batalha Meyer!


E com 71% dos votos, a Hospedeira é o grande vencedor da vez! Lelen trará em breve para vocês uma resenha completa do livro; com direito á sinopse oficial, critica literária, pontos fortes, pontos fracos, enfim...

E em breve no ar a nova batalha, obrigado a todos que votaram!

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para nós.